ENTRETENIMENTO

Lançamentos da Netflix na semana

Publicados

em

O mês de março está quase chegando ao fim e, em sua última semana completa, a Netflix adotou uma estratégia um tanto quanto conservadora ao segurar a mão nas novidades do catálogo. Todos os dias o serviço de streaming mais popular do mundo lança séries e filmes novos para seus assinantes, e toda sexta-feira o Canaltech lista tudo aqui para você, além de dar dicas do que assistir para aproveitar a assinatura da melhor maneira possível.

Em uma semana de estreias discretas, os grandes destaques são duas séries originais da plataforma e um anime original baseado em Dota, o famoso MOBA conhecido pelos aficionados por videogames.

Os Irregulares de Baker Street é uma ótima opção para quem é fã de Sherlock Holmes, curte investigação e uma pitada de terror. É que os episódios focam no grupo de detetives amadores que muitas vezes resolve os casos pelos quais o famoso detetive recebe os louros e nem sempre é reconhecido. A pegada, porém, é bem mais sombria do que estamos acostumados a ver nos filmes e séries do personagem.

Já a série latino-americana Quem Matou Sara? tem uma trama mais puxada para o mistério e para o drama. A premissa é simples e a história é movida pela sede de vingança, já que um rapaz é incriminado injustamente e preso pela morte da irmã. 18 anos depois, ele deixa a cadeia determinado a se vingar dos verdadeiros responsáveis pelo crime. O problema é que ele acaba descobrindo muito mais coisas do que apenas o real culpado por toda essa desgraça.

Leia Também:  Polícia Militar prende homem por posse irregular de arma de fogo em Selvíria.

Como dito antes, outro destaque desta semana na Netflix é a estreia de Dota: Dragon’s Blood, um anime produzido pela plataforma em parceria com a Valve. A trama segue Davion, o Dragon Knight, um dos heróis jogáveis do jogo, que terá de deter um “demônio mortal” ao lado de Mirana, a Deusa da Lua, outra personagem jogável no MOBA. Imperdível para quem é fã do título e quer expandir os conhecimentos sobre ele.

E em matéria de filme, o que tem de bom na Netflix nesta semana? Pois bem, não há tantas novidades assim, mas conseguimos pinçar uma coisinha e outra pra você que não está disposto a maratonar uma série. A primeira delas é a comédia para toda a família O Mistério do Relógio na Parede. No Top 10 de filmes mais assistidos da semana na plataforma, ele conta a história de um órfão, seu tio feiticeiro e uma vizinha excêntrica que têm de encontrar um relógio mágico para impedir que algo terrível aconteça.

Os amantes de documentários e ciência também estão servidos pela Netflix nesta semana. O serviço de streaming estreou no catálogo Seaspiracy: Mar Vermelho, que mostra um cineasta determinado a retratar os danos causados pelo Homem às espécies marinhas. O problema é que, durante suas investigações e registros, ele acaba descobrindo uma rede de corrupção de escala mundial.

E que tal um filmezinho de terror que foge do padrão hollywoodiano? O taiwanês O Hospital é uma aposta intrigante da Netflix nesta semana. A trama se passa em um hospital abandonado em Tainan, para onde as pessoas vão na tentativa de se comunicar com o espírito de familiares. É claro que isso não dá nada certo e eles acabam sendo aterrorizados por eventos sobrenaturais perturbadores.

Leia Também:  CTG Brasil realiza testes de redução de vazão na Usina Jupiá

Os 15 melhores filmes de terror disponíveis na Netflix

O Hospital (Imagem: Divulgação/Netflix)

Essas foram apenas algumas indicações que o Canaltech separou para você aproveitar o fim de semana assistindo o que há de mais interessante na Netflix. Mas tem muito mais coisa legal no catálogo do serviço de streaming, e a gente listou tudo para você logo a seguir. Dê uma olhada, veja o que mais lhe chama atenção, clique e dê o play. Boa diversão!

20/03

21/03

22/03

23/03

24/03

25/03

26/03

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Fausto Silva acerta com a Band e assina contrato na semana que vem

Fausto Silva vai apresentar seu programa na Band, a partir do ano que vem

Publicados

em

Desde o final de janeiro passado, no instante em que anunciou o seu desejo de não renovar com a TV Globo, começaram as especulações em torno de qual seria o próximo destino de Fausto Silva.

Na ocasião, em conversa com a coluna, ele chegou a afirmar que não tinha nada acertado com ninguém: “afinal, serão quase 33 anos de casa, com muitas conquistas, prêmios e o reconhecimento de um trabalho muito bem feito. Vamos esperar o momento certo”.

E este “momento certo” foi construído no decorrer dos últimos meses.

As conversas com os irmãos Saad, Johnny e Ricardo, velhos amigos, tornaram-se ainda mais frequentes nos últimos dias, até se acertar, aos poucos, o seu retorno à antiga casa.

Aliás, tudo o que aconteceu no passado, está se repetindo agora e com a mesma elegância: “seis meses antes de assinar com a Globo, avisei a Band, aos dois diretamente, Johnny e Ricardo, da minha saída. Agora a mesma coisa. Cumpro meu contrato até dezembro e vou estrear meu novo  programa em janeiro ou fevereiro”.

Alguns detalhes ainda serão conversados a partir de agora.

Entre os principais, se será um programa semanal, aos domingos, como sempre foi, mas a partir das 20 horas. Até um “Perdidos na Noite”, versão 2022  se for o caso. Ou um diário, talk-show, de segunda a sexta, na faixa das 23h30.

“sobre isso ainda estamos conversando. Vamos ver o que vai ser melhor, nos diversos aspectos”.

No mais, já foi tudo conversado e ajustado. O contrato será assinado na próxima semana, com duração de cinco anos, valendo a partir de 1º de janeiro de 2022.

Um dos principais e mais versáteis comunicadores do País, campeão de audiência e prestígio nas tardes de domingo, Fausto Silva trabalha na Globo desde 1989 e, após 33 anos de casa, começa a se preparar para este novo desafio.

A Band, nesses últimos tempos, tem feito investimentos na sua programação. Adquiriu direitos de futebol internacional, a Stock Car, surpreendeu o mercado com a Fórmula 1, e neste momento atrai um peso pesado da TV, na figura do Faustão.

Num ano em que a pandemia trouxe tantas notícias ruins para o mercado, os diversos feitos e a contratação de um profissional com tamanha história devem ser comemorados.

Leia Também:  Vacina da Pfizer chega à noite e municípios já podem retirar doses da 17ª remessa

Como se sabe, o apresentador recusou uma proposta da Globo para trocar de horário ou migrar dos domingos para as noites de quinta-feira.

Decidiu não renovar, preferindo cumprir seu contrato até o final deste ano. O último programa, no dia 26 de dezembro, será a entrega do Troféu Mário Lago para Alcione, Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola e Martinho da Vila, grandes expressões da MPB, com a presença também de Ivete Sangalo, que recebeu o prêmio no ano passado.

Antes, o programa ainda terá a “Superdança dos Famosos”, com os vencedores e melhores colocados de todas as edições, que serão anunciados já a partir deste finbal de semana, e o “Show dos Famosos”, com as participações de Cleo, Alexandre Pires e do padre Fábio de Mello.

A Globo soube respeitar a decisão de Fausto Silva, de acordo com comunicado distribuído em janeiro:

“Nestes mais de 30 anos de parceria, a TV Globo e o apresentador Fausto Silva sempre conversaram sobre novas oportunidades e inovações. Foi assim também nas últimas semanas, quando teve início o último ano do atual contrato. Mas, diante da decisão do apresentador de encerrar sua jornada à frente de programas semanais, só cabe à TV Globo respeitar e aplaudir a história que ele construiu.
Fausto Silva é um dos maiores comunicadores da televisão brasileira e a Globo tem enorme orgulho dos 32 anos de parceria com ele no Domingão do Faustão. Para honrar esta história de sucesso, a Globo está determinada a fazer em 2021 a melhor temporada de todos os tempos do programa, com edições sensacionais do Dança dos Famosos e do Show dos Famosos…”.

Fausto, no mesmo período, também se pronunciou:
“Gostaria de deixar aqui registrada a minha gratidão à Globo, onde aprendi muito e com a qual tive a honra de viver nos últimos 32 anos uma parceria de respeito e sucesso. Repito aqui o que sempre disse no ar: a Globo é uma empresa quase perfeita!”.

História na Globo

Fausto e o Domingão estrearam na Globo em 1989, mas o comunicador já causava com o senso de humor e irreverência que eram marcas registradas de programas como “Perdidos na Noite” (1984-1988), que passou por Gazeta e Record até chegar na Bandeirantes. Lá, ele conquistou uma segunda atração, o “Safenados e Safadinhos”(1988). Seus bordões como “ô loco meu” e “quem sabe faz ao vivo” estão na boca do povo.
Fausto se tornou uma referência nas tardes de domingo ao barrar o crescimento de audiência do “Programa Silvio Santos” e se firmar como líder no horário.

Leia Também:  Prefeito José Fernando viaja a Brasília e visa pautas sobre aceleração do Programa Titula Brasil e fomento a agricultura familiar

Como tantos outros nomes da TV, ele iniciou sua carreira no rádio.
Primeiro como repórter da rádio Centenário de Araras, no interior de São Paulo. Logo depois, mudou-se para Campinas e trabalhou durante cinco anos na Rádio Cultura.
Em 1970, foi contratado pela Rádio Record, na capital paulista, para apresentar o jornal da noite, do qual era também redator, e se iniciou no mundo do esporte, passando a trabalhar como repórter de campo na Jovem Pan.
Além do rádio, também se dedicou ao jornalismo, tendo sido contratado pelo jornal O Estado de São  Paulo, como repórter esportivo.
Nessa função foi levado para a Rádio Globo em 1977, convidado por Osmar Santos.
Por meio do então diretor da Rádio Globo, Francisco Paes de Barros, e do chefe da equipe de esportes Edison Scatamachia, um horário foi conseguido na Rádio Excelsior para Osmar Santos, e Fausto participava do programa como repórter ou assumindo a apresentação.
Em 1983, com o maior envolvimento de Osmar Santos em projetos em televisão e a ida de Juarez Soares para a Band, Fausto se torna apresentador do “Balancê”.

Já em janeiro de 1984, Goulart de Andrade visitou o “Balancê” e propôs a Fausto e toda a equipe a passagem do programa para a TV. Em março desse ano, foi ao ar pela TV Gazeta o “Perdidos na Noite”. Em setembro, o programa passou para a Record, e, em pouco tempo, se desvinculou de Goulart de Andrade para assumir uma direção própria.

Em 1986, o “Perdidos na Noite” passou a ser transmitido pela Band para todo o Brasil, sendo que antes era só transmitido para São Paulo. Na mesma casa, Fausto chegou a apresentar o programa Safenados e Safadinhos.

Em 26 de março de 1989 estreou na Rede Globo o “Domingão do Faustão”, que se despede em dezembro deste ano.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA