POLÍCIA

OPERAÇÃO VAGA ZERO EM SELVÍRIA

Publicados

em

OPERAÇÃO VAGA-ZERO

A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul, através do DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) e da Delegacia Regional de Polícia de TRÊS LAGOAS desencadeou na manhã 07/07/2022 operação denominada VAGA ZERO realizada na cidade de Selvíria/MS.

Equipes de policiais civis deram cumprimento a mandados de busca e apreensão determinadas pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Três Lagoas MS na Prefeitura Municipal de Selvíria, nas dependências da Secretaria de Saúde, de Finanças e de Licitações e contratos, bem como, houve ainda cumprimento de medida cautelar junto ao hospital do Município, onde foram arrecadados documentos de interesse da investigação que apura crimes de fraude em licitação, peculato e possível associação criminosa.

As investigações tiveram seu início na Delegacia de Polícia Civil de Selvíria e, posteriormente, foram encaminhadas ao DRACCO por se tratar de crimes contra a administração pública, exigindo dessa forma, atuação especializada ante a sensibilidade e complexidade.

As denúncias são no sentido de que a Secretaria de Saúde do Município estaria dispensando licitações de forma ilegal em favor de empresas prestadoras de serviços médicos, indicando justificativas genéricas, para transporte médico de urgência e emergência (“vaga-zero”) de pacientes do hospital de Selvíria/MS para a cidade de Campo Grande-MS no período compreendido entre os anos de 2015,2016,2017,2018 e 2019.

Leia Também:  Suzano prorroga prazo de inscrições para processo seletivo de Condutora de Veículo Florestal exclusivo para mulheres

De acordo com os fatos denunciados à Polícia Civil do MS, haveriam empresas de outro Estado da Federação, distantes cerca de 700km de Selvíria, teriam sido contratadas para prestação do serviço, sem demonstração de justificativa clara que indicasse a dispensa de sua contratação.

Além disso, outros elementos chamaram à atenção para irregularidades, tais como: Sucessivas dispensas de licitação para contratação de serviços médicos de transporte intermunicipal de pacientes SUS não precedidas do devido procedimento formal; Dispensas essas ocorridas em curto espaço de tempo, tendo sempre o mesmo objeto, qual seja, o transporte intermunicipal de pacientes SUS em situações de urgência e emergência para cidades referenciadas (Campo Grande e Três Lagoas), sendo que, a Secretária Municipal de Selviria-MS já dispunha de serviço próprio de UTI móvel que poderia realizar essa função; dentre outras, o que não justificaria o transporte contratado.

Os documentos arrecadados foram encaminhados para sede do DRACCO para continuidade das apurações que tramitam em segredo de justiça.

Leia Também:  Empresas realizam processo seletivo no Balcão de Emprego de Selvíria

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Em ação conjunta Policia Militar e Policia Civil de Selviria, apreende mais um por Trafico de drogas.

Essa e a segunda apreensão de Trafico de Drogas neste mês pela Policia Militar e Policia Civil

Publicados

em

A Guarnição da Policia Militar de Selviria na data de ontem(04/08), durante seu patrulhamento ostensivo e preventivo pelas ruas da cidade de Selviria, composta pelos policias militares 3º Sgt Góes, Cb Acosta e Cb Rossete visualizou uma motocicleta CG Honda de cor preta, saindo de uma residência, localizada na Rua 24 de Junho, essa moto estava sendo ocupada por dois rapazes, em atitude suspeita.

A residência de onde esses suspeitos saíram, já era alvo de denúncias, de que neste local funcionava um ponto de venda de drogas.

A guarnição da Policia Militar de Selviria, fizeram o acompanhamento tático, com sinais luminosos e sirene, e os rapazes ao perceberem que iriam ser abordados, o integrante da garupa da motocicleta dispensou alguns objetos pelas ruas da cidade, que posteriormente foram identificados como 03 invólucros de substância esverdeada análoga a maconha, na abordagem os suspeitos foram identificados com iniciais  S. da C. U. (piloto) e com as iniciais V. M. B. (garupa).

Em entrevista, a garupa das iniciais V. M. B confessou que pegou as drogas na residência onde a equipe da P.M, os avistaram pela primeira vez.

Leia Também:  MUITA CONFUSÃO - show de Henrique e Juliano termina em confusão e sobra até pra a dupla sertaneja

Diante disso, a Policia Militar solicitou apoio da Polícia Civil através do investigador  Alex, que estava de plantão na Delegacia de Polícia Civil deste município, e assim juntamente com a Polícia Civil de Selvíria retornaram ao local onde visualizaram essa motocicleta tinha saido.

Já chegando na casa abordaram o senhor das iniciais V.G.A.S., este proprietário da residência, que estava em pé na frente da casa.

De pronto, os policiais reportaram o flagrante ao dono da casa e também perguntaram se na residência haviam mais drogas, de imediato o senhor das iniciais V.G.A.S, apontou que no seu quarto existiam mais invólucros de maconha.

Em buscas no interior da residência, foram localizados mais 50 (cinquenta) papelotes de substância análoga a maconha que pesaram 172 gramas da droga, e somados aos outros 03 invólucros apreendidos no momento da abordagem totalizou 181,4 gramas, também foi localizado e apreendido a quantia de R$ 313 (trezentos reais em diversas cédulas) e R$ 13,00 (treze reais) em moedas, no local também foi localizado um rolo de papel filme que é utilizado para embalar as drogas.

Leia Também:  Brasil registra 365 mortes e 30,2 mil casos de covid-19 em 24 horas

Em entrevista, o autor confessou que o dinheiro localizado e apreendido era proveniente da venda de drogas, era equivalente a dois dias de vendas dos entorpecentes, o autor relatou também que buscou a droga na cidade de Três Lagoas para fazer as vendas.

Diante dos fatos, o autor G. recebeu voz de prisão pelo crime de tráfico de drogas, sendo encaminhado ao Distrito Policial e entregue sem lesões corporais à autoridade policial.

ESSA AÇÃO FOI CONJUNTA POLÍCIA MILITAR E POLICIA CIVIL DE SELVIRIA.

 

INFORMAÇÕES: ASSESSORIA DA POLÍCIA MILITAR DE SELVÍRIA ⁰/MS

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA