SELVÍRIA

Gerson Claro quer base policial e energia em assentamentos de Selvíria

Publicados

em

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Gerson Claro (Progressistas), está solicitando ao poder Executivo a instalação de uma unidade de base policial militar nos assentamentos do município de Selvíria.

O expediente, apresentado durante a sessão remota desta quinta-feira (17), foi encaminhado ao governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), e ao secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

A região de assentamentos de Selvíria conta hoje com 457 famílias vivendo em regime de economia familiar e mais 150 propriedades rurais aos arredores, que produzem eucalipto.

Com o crescimento populacional, houve um aumento significativo em ocorrências de roubo de gado, violência doméstica e crimes envolvendo armas de fogo, o que está trazendo insegurança a quem mora no local.

“Preocupados também estão os produtores de eucalipto das áreas rurais próximas, pois com o aumento de crimes, como roubos e furtos, e a circulação de pessoas de fora da comunidade, não existe mais tranquilidade. Seus bens ficam expostos”, justificou Gerson Claro, destacando que a solicitação chegou ao seu gabinete pelas mãos do vereador Alessandro Batista Leite.

Leia Também:  Confira a distribuição das doses de vacina contra a Covid-19 por município em Mato Grosso do Sul

Energia

Gerson também encaminhou solicitação ao diretor-presidente da ELEKTRO, Giancarlo Vassão de Souza, para instalação de rede de energia a todas as famílias de agricultores do Projeto de Assentamento Canoas, em Selvíria.

“A energia para essas famílias não vai apenas trazer conforto, mas ajudar no desenvolvimento da agricultura familiar da região”, destacou o deputado.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SELVÍRIA

SELVÍRIA CONTRA A DENGUE, FEBRE AMARELA, ZIKA E CHIKUNGUNYA!

Publicados

em

Além de nos protegermos contra a COVID-19, não podemos nos esquecer de mantermos nossa casa e quintal sempre limpos e sem entulhos! O mosquito Aedes Aegypti é o vetor de diversas doenças causadas por vírus, como dengue, zika, chikungunya e febre amarela. O combate ao mosquito é a principal forma de prevenção a essas doenças.
Se o mosquito pode matar, então não vamos deixar ele nascer.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MS planeja vacinar 890 mil pessoas nas 3 primeiras fases do plano estadual de Imunização
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA