SELVÍRIA

Dengue e Chikungunya: Secretaria de Saúde de Selvíria alerta para o aumento de casos no município

Publicados

em

Foto - Comunicação da Prefeitura

A Prefeitura de Selvíria, por meio da Secretaria Municipal de Saúde alerta para o crescente número de casos de dengue no município. A epidemia causada pelo vetor Aedes Aegypti, tem também afetado toda região, com um grande aumento de registros da doença. Em Selvíria, somente nos dois primeiros meses deste ano, os casos são mais do que o dobro do que o mesmo período do ano passado.

De acordo com informações da pasta, de janeiro deste ano e até a data de hoje (24/02) foram registrados 32 casos de dengue em Selvíria e 01 (um) de chikungunya. Em 2020, em janeiro e fevereiro, foram registrados 18 casos de dengue.

Segundo informações da Vigilância Sanitária, estão sendo identificados em pacientes do município dois tipos do vírus da dengue, transmitidos pelo vetor Aedes Aegypti: sorotipos Den-1 e o Den-2. O mosquito é o transmissor de diversas doenças, entre elas a dengue, zika e chikungunya.

“Deixamos esse alerta à todos, e lembramos que a melhor forma de evitar a proliferação do mosquito é acabar com os criadouros. Portanto, manter o quintal sempre limpo, e eliminar possíveis focos do mosquito é de suma importância. Estamos ainda no enfrentamento da pandemia do COVID-19, e não podemos deixar que mais uma doença venha afetar nossa população. Vamos começar com os cuidados dentro de casa”, disse o secretário de Saúde, Edgar Barbosa.

Leia Também:  COMERCIANTE DE SELVIRIA LEVA GOLPES DE FACADA DE SUA CÔNJUGE, HOJE(10) PELA MANHÃ.

Ações de combate ao mosquito

Nesta semana, no período da manhã e da tarde, está circulando nas ruas e avenidas de Selvíria e bairro Véstia, um veículo pulverizando inseticida (fumacê) nas residências, afim de evitar  a proliferação das larvas do mosquito, exterminando o mosquito adulto contaminado. A ação acontece por meio de parceria entre a Prefeitura e Governo do Estado.

É importante deixar as janelas e portas abertas durante a realização do trabalho. A ação do fumacê não apresenta perigo a saúde, entretanto, a recomendação para quem possui pássaros em gaiolas, é protege-las com um tecido, e lavar com água e sabão os bebedouros de animais após a aplicação do inseticida.

As Secretarias de Saúde e de Obras e Infraestrutura, também tem realizado um constante trabalho para a limpeza das vias públicas da cidade e terrenos baldios. Trabalhos como borrifação de inseticida em locais com possíveis focos, também estão sendo realizados.

Sintomas das doenças

Em relação à dengue, os sintomas são febre alta, enxaqueca, dor atrás dos olhos, perda de apetite, náuseas e vômitos, tontura, moleza e extremo cansaço, dor no corpo e dor no abdómen.

Leia Também:  Empresas se unem para doar mais de 5 mil concentradores de oxigênio

Na chikungunya deve-se ficar atento aos sintomas, como fortes dores nas articulações, febre, dor nas costas, fadiga, náuseas, vômitos, dor de cabeça, dores musculares (mialgias) e inchaço articular bilateral.

Já os sintomas comuns da zika são manchas avermelhadas pelo corpo, dor muscular, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, conjuntivite, diarreia (pouco comum), constipação (pouco comum), pequenas úlceras na mucosa oral (pouco comum).

A Secretaria da Saúde orienta que,  na presença de qualquer sintoma, o paciente procure por orientação médica. É importante também fazer o repouso e ingerir bastante líquido durante os dias de manifestação de sintomas.

Para denúncias sobre possíveis criadouros do mosquito, ou maiores informações disque: (67) 3579 1650 – Controle de Vetores e Endemias, localizado na avenida Profª Marilucia Torres Laluce (antiga Goiás), ao lado da escola estadual Ana Maria de Souza.

Por: Assessoria de Comunicação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SELVÍRIA

URGENTE: SELVÍRIA REGISTRA QUINTA MORTE DE PACIENTE POSITIVADO COM CORONAVÍRUS

Publicados

em

A Prefeitura de Selvíria – MS, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa com grande pesar, o quinto óbito de paciente positivado pelo Novo Coronavírus (Covid-19). Trata-se de uma senhora de 77 anos de idade, residente de Selvíria, que encontrava-se internada no Hospital Regional de Ilha Solteira-SP. A paciente era portadora de doença preexistente, dentre ela hipertensão e se encontrava debilitava em decorrência de ser sofrido um AVC (acidente vascular cerebral,) recentemente. O falecimento ocorreu nesta manhã de sábado (10).

A Secretaria de Saúde ainda informou que no Hospital Regional de Ilha Solteira-SP, foi feito na paciente exame “RT PCR”, e encaminhado ao Instituto Adolfo Lutz que constatou positivo para o vírus.

No município, o número de casos confirmados pelo COVID-19 de acordo com o último Boletim divulgado nesta sexta-feira (09), chega a 259 casos, sendo deste total, 212 casos recuperados, 189 monitorados, 2.001 notificados, 43 em tratamento e 04 óbito.

O cumprimento de medidas impostas em decreto e de recomendações como o uso de máscara, isolamento social e higienização das mãos sempre que necessário, são de extrema importância perante o enfrentamento a pandemia e combate ao vírus.

Leia Também:  Saúde: Prefeitura de Selvíria adquire nova ambulância

A Secretaria de Saúde ainda informou que em Selvíria, foi feito na paciente exame “RT PCR”, e encaminhado ao laboratório LACEN, em Campo Grande-MS, que constatou positivo para o vírus.

Por: Assessoria de Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA