SAÚDE

Infectologista aponta falta de consciência de vacinados como agravante da pandemia

Os vacinados somente com a primeira dose que abandonam os cuidados de segurança podem ser vitimas fatais do vírus

Publicados

em

Falta de consciência de vacinados com a primeira dose da vacina contra Covid agrava a pandemia - Alvaro Rezende

Pessoas que receberam somente a primeira dose da vacina contra Covid-19 estão se contaminando pelo vírus por abandonar como ações de biossegurança.  

De acordo com a infectologista e pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Ana Lúcia, como pessoas que tomaram apenas um das duas doses dos imunizantes contra um convidado estão tendo uma falsa perda de segurança total e estão abandonando os cuidados básicos, ocasionando a contaminação pelo vírus que gera o agravamento da pandemia.

“As pessoas acreditam estarem imunizadas porque tomaram uma dose da vacina, você só está vacinado, isso significa que os cuidados devem continuar, mas elas não estão protegendo e estão contaminando, registramos casos graves e até mesmo óbitos nessas circunstâncias”

Até o momento o Brasil e consequentemente o Mato Grosso do Sul administraram somente vacinas divididas em duas doses, sendo um CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer. 

A primeira dose significa que o indivíduo foi vacinado, uma segunda dose conclui o processo de imunização deste.

Segundo Ana Lúcia, o agravamento da pandemia não está ligado somente aos vacinados que não estão se cuidando, mas também uma população em geral que não se sensibiliza com a própria situação que tem vivido, indo contra todas as medidas de segurança.

“Nossa vacinação está lenta, não temos possibilidade de abertura de novos leitos, uma única forma de controlar a contaminação é fazendo aquilo que estamos orientando há cerca de um ano e meio, usar máscara, distanciamento social, sair apenas quando necessário, essas ações salvam vidas “, disse um especialista.

Situação de Mato Grosso do Sul

Sem a possibilidade de abertura de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) o Estado já teve de transferir uma paciente para Rondônia nesta quarta-feira (2).

Ao todo, 30 pacientes devem ser enviados para outros estados para obterem tratamento contra Covid.

Neste feriado de Corpus Christi, Mato Grosso do Sul confirmou 2.470 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h.

O número é o maior registrado nesta semana e se aproxima do último recorde de confirmações, quando foram confirmados 2.998 novos casos na semana passada.

No Estado, 59 pessoas também perderam suas vidas de ontem para hoje, totalizando então 6.976 mortes pelo Coronavírus.

Informações  -www.correiodoestado.com.br

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mato Grosso do Sul já vacinou 51,8% da população adulta contra Covid-19
Propaganda

SAÚDE

Mato Grosso do Sul recebe novo lote com 105.090 doses da vacina contra Covid-19

Publicados

em

O Governo Federal encaminha nesta semana novo lote com 105.090 doses de vacina contra Covid-19. A remessa é composta por 48.600 da Coronavac, 37.440 da Pfizer e 19.050 da Janssen. A Secretaria de Estado de Saúde aguarda informações do Ministério da Saúde sobre a data de envio dessas doses.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, as doses recebidas são importantes para continuar o esquema vacinal da população. “Mato Grosso do Sul tem sido exemplo para o país tanto distribuição quanto na aplicação da vacina contra a COVID-19”.

O novo lote é composto por 48.600 doses da Coronavac, 37.440 doses da Pfizer e 19.050 doses Janssen. Com a nova remessa, Mato Grosso do Sul somará 1.720.310 doses recebidas desde o início da campanha de vacinação.

A quantidade que cada município irá receber será definida com todas as Secretarias Municipais de Saúde em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e publicado no Diário Oficial do Estado.

Mato Grosso do Sul vacinou até o momento 1.467.169 pessoas, sendo 1.070.817 com a primeira dose e 396.352 com a segunda dose. De acordo levantamento nacional, Mato Grosso do Sul está entre os estados brasileiros com melhor desempenho na vacinação. Aqui, 38,12% da população adulta receberam a 1ª dose do imunizante e 14,11% foram imunizados com a segunda dose.

Leia Também:  Mato Grosso do Sul recebe novo lote com 105.090 doses da vacina contra Covid-19

Airton Raes, SES
Foto: Saul Schramm

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA