SAÚDE

Brasil registrou 527 óbitos por covid-19 em 24 horas

Mais de 9 milhões pessoas já se recuperaram da doença

Publicados

em

O Brasil registrou 527 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas. De acordo com o boletim de hoje (21) do Ministério da Saúde, o total de mortes é de 246.504 desde o início da pandemia.

O número de casos chegou a 10.168.174, sendo 29.026 novos casos. Desse total, 826.187 (8,1%) seguem em acompanhamento. O número de recuperados está em patamar estável, com 89,5% das pessoas infectadas já estão curadas da doença. Segundo o Ministério da Saúde, 9.095.483 pessoas são consideradas recuperadas.

No mapa estadual da covid-19, o cenário semanal permanece sem grandes alterações. São Paulo continua em 1º em infecções e óbitos, com 1.975.927 casos registrados e 57.799 mortes em decorrência do novo coronavírus. Minas Gerais e Bahia seguem em 2º e 3º lugar, com 840.315 casos e 17.714 óbitos e 653.335 casos e 11.191 óbitos, respectivamente.

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil;
Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil; – Divulgação/Ministério da Saúde

Edição: Claudia Felczak

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Amazonia 1 chega à orbita com sucesso e inicia transmissão de dados
Propaganda

SAÚDE

Ministério da Saúde envia sexta remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus para MS

Com a chegada das novas doses, MS soma mais de 250,5 mil doses de vacinas contra o coronavírus

Publicados

em

O Ministério da Saúde entrega a Mato Grosso do Sul, na manhã desta quarta-feira (3), a sexta remessa de 27.800 doses de vacina do Instituto Butantan – Coronavac – contra a Covid-19. Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, as novas remessas de vacina significam um alívio para o Estado para continuar a campanha de imunização.

“Fizemos todas as distribuições em menos de 24 horas, a última chegou a 12 horas e isto colocou o nosso Estado em primeiro lugar na distribuição de doses no país. Assim que o Ministério da Saúde fizer a distribuição, haveremos de acionar a nossa logística para enviar as novas remessas das vacinas o mais rápido possível aos municípios”, pontua o secretário.

Geraldo Resende ainda afirma que mantém contato com diversos secretários municipais onde cobra agilidade no processo de imunização, principalmente, para aqueles municípios que possuem população indígena aldeada.
“Quero que os municípios que têm essa população melhorem a performance de vacinação nas aldeias. Em paralelo, tenho procurado conversar com os todos os municípios para resolver questões pontuais para que nós possamos garantir eficiência no processo de aplicação da vacina assim como somos na distribuição das doses”, ressalta Resende.

Leia Também:  "Dia inesquecível", diz Pelé, 80 anos, ao ser vacinado contra covid-19

Histórico das remessas
Mato Grosso do Sul já recebeu 222.746 (vacinas), em quatro carregamentos enviados pelo Ministério da Saúde. A primeira (remessa) chegou no dia 18 de janeiro, com um lote de 158,7 mil doses da vacina Coronavac.
O segundo lote desembarcou no Estado em 24 de janeiro, com 22 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. Já o terceiro lote foi chegar ao Estado em 25 de janeiro, em um reforço de mais 10,2 mil doses da Coronavac. A quarta remessa com 32 mil doses de vacina contra a Covid-19 chegou no dia 7 de fevereiro. A quinta remessa de 35.700 doses, sendo 22.500 doses da AstraZeneca/Oxford e 13.200 doses da Coronavac chegou no dia 24 de fevereiro.
Dados do “Vacinômetro”, mostram nesta quarta-feira (24), que já foram aplicadas no Estado 164.601 doses de vacinas, o que representa o índice de 4,10% da população total do Estado já vacinada.

Rodson Lima, SES
Foto: Edemir Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA