REGIÃO

Suzano lança Programa de Mentoria de Startups

Publicados

em

Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, abriu as inscrições para seu Programa de Mentoria de Startups. A oportunidade é para os empreendedores que buscam por soluções de desafios em diferentes áreas, podendo aproveitar uma série de eventos e treinamentos periódicos junto à equipe de Inovação Aberta da companhia.

Ao todo, serão selecionadas 50 startups para participar da mentoria. Para os empreendedores que desejam ter a companhia como parceria, é necessário ter um modelo de negócio validado, ou seja, já ter apresentado soluções para alguma empresa, estar na base de dados de algum dos parceiros da Suzano – Endeavor, Plug and Play, Beta-i e AgTech Garage –, ter cargo de liderança na startup, bem como apresentar um desafio que faça a diferença no seu dia a dia.

“O Programa de Mentoria de Startups é uma oportunidade de estarmos cada vez mais próximos ao Ecossistema de Inovação, a partir do nosso propósito de impulsionar o sistema empreendedor brasileiro à medida que compartilhamos conhecimento e alavancamos o desenvolvimento de parceiros que são essenciais nesse universo”, diz Alexandre Cezilla, Head de Transformação Digital da Suzano.

Leia Também:  Meteorologia prevê quinta-feira com chuva para todo Estado

Inspirada no seu direcionador de cultura de “Gerar e Compartilhar Valor”, a ideia é que a companhia possa proporcionar um match entre seus líderes e as startups escolhidas, a partir dos temas de desafios desses parceiros e as áreas de expertise dos mentores da Suzano.

Para se juntar à equipe de Inovação da Suzano nessa iniciativa, basta preencher um formulário indicando a área do seu maior desafio, desde Finanças, Estratégia, Operações, Produto até Marketing/Vendas. As inscrições podem ser feitas até 16 de fevereiro acessando o link a seguir: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=FZMQpyeX30qXrUhJu2Ptywu5Pdcx5C5GuLRwybBZA6hUN0NWQlFSVUxQUjZJSFhaVEVBNERMOVdNWC4u&wdLOR=c1F3CFDC9-5ADA-45C0-9E03-B0E29EEF4F5C.

Sobre a Suzano 

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores, diretos e indiretos, e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas. 

Leia Também:  Ministério da Saúde envia sexta remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus para MS

 

Informações à Imprensa

Performa Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

REGIÃO

Mineradora anuncia projeto de R$ 40 milhões para extração de basalto em Inocência

Publicados

em

O município de Inocência terá em breve um importante empreendimento: uma empresa da área de mineração, com investimento previsto de R$ 40 milhões e a geração de 50 empregos diretos. O projeto foi apresentado ao secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, pelo empresário Jairo Clemente de Oliveira e o prefeito de Inocência Antônio Garcia dos Santos durante reunião realizada ontem (25).

“Trata-se de uma nova atividade que chega ao Estado por Inocência e cria a possibilidade de ofertar vários produtos da rocha, como o basalto negro utilizado pela indústria da construção para se obter o ‘preto absoluto’, usado em decoração. Também deve ser extraído o pó de rocha, remineralizante para a agriculta, além da brita, muito demandada para asfaltamento. É um investimento significativo e uma atividade nova para o Estado que vem ao encontro dos esforços que o governo vem empreendendo para diversificar as atividades econômicas”, disse Verruck.

Há pesquisas em andamento sobre a utilização do pó de rocha na agricultura. O secretário afirma que esse “é um caminho novo pelo qual a agricultura brasileira está se direcionando” e enxerga boas perspectivas de negócios para esse empreendimento.

Leia Também:  Prefeito José Fernando recebeu em seu gabinete ontem(02/03), mais um empresário com intenção de instalar sua empresa em Selviria.

A empresa já tem autorização da Agência Nacional de Mineração e a Licença Ambiental Prévia do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). Também já entrou com pedido de incentivos fiscais junto ao governo do Estado. O empresário Jairo Clemente de Oliveira acredita que já no segundo semestre deste ano sua empresa entre em atividade.

Participaram da reunião o vice-prefeito Adair Aparecido de Freitas e os vereadores Jefferson Lopes de Oliveira e João Maria Aparecido Ladeia.

Veja abaixo imagens da reunião:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA