REGIÃO

CESP pretende atrair pesquisadores para a Reserva Cisalpina

Importante área remanescente da Mata Atlântica no Leste de Mato Grosso do Sul, reserva tem vocação para pesquisas devido à rica biodiversidade presente na unidade de conservação

Publicados

em

Depois de dois anos com visitas técnicas reduzidas em decorrência da pandemia de Covid-19, a CESP – Companhia Energética de São Paulo, pretende atrair pesquisadores e universidades para a RPPN (Reserva Particular do patrimônio Natural) Cisalpina, no município de Brasilândia (MS). A iniciativa faz parte das ações previstas no Plano de Manejo da Unidade de Conservação e tem como foco estimular a vocação natural da reserva para pesquisas devido à rica biodiversidade presente na área. A Unidade de Conservação conta com mais de 3,8 mil hectares de áreas remanescentes da Mata Atlântica na região Leste de Mato Grosso do Sul.

“Com mais de 500 espécies já identificadas de plantas e animais silvestres, a Reserva Cisalpina, assim como toda a área no seu entorno, é uma fonte valiosa para o estudo da fauna e da flora, seja dos biomas da Mata Atlântica como do Cerrado. Estamos falando de mais de 17 mil hectares de área preservada, levando em consideração toda a área no entorno da reserva e que também é preservada pela CESP. Por isso, queremos buscar parcerias com instituições não governamentais e universidades para que possamos compartilhar dessa fonte de conhecimento com a comunidade”, destaca André Rocha, gerente de Sustentabilidade e Operações da empresa.

Leia Também:  TSE recebe sete registros de candidatura à presidência da República

Para formalização da parceria com universidades e a realização de pesquisas na reserva, a CESP está discutindo Planos de Trabalhos junto as universidades e outras instituições da região. A ideia é que as instituições reúnam propostas que possam ser desenvolvidas na RPPN Cisalpina. As pesquisas precisam estar alinhadas com as políticas socioambientais e com as normas previstas no Plano de Manejo da reserva para serem aprovadas pela companhia.

“A Reserva Cisalpina sempre esteve aberta para pesquisadores e estudiosos. Ocorre que, com a pandemia, essas pesquisas reduziram por conta dos protocolos de segurança. A intenção é não apenas retomar como se aproximar cada vez mais da comunidade acadêmica.”, completa André Rocha.

Nos últimos anos, foram realizadas 32 pesquisas cientificas na Reserva Cisalpina. Entre as instituições com maior atuação na região, estão UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) – campus de Três Lagoas, e UNESP (Universidade Estadual de São Paulo) de Ilha Solteira, Botucatu e Presidente Prudente (SP). Os resultados desses estudos serviram como base, por exemplo, na elaboração do Plano de Manejo da Reserva Cisalpina.

Leia Também:  FORA DO CERCADINHO... Vídeo: Bolsonaro e Hang são expulsos de churrascaria em SP; 'Fora vagabundo'

Comunidade

A CESP também está se preparando para retomar o programa de visitas de escolas e outras instituições à unidade. As visitas de estudantes e parte das ações voltadas à educação ambiental foram suspensas devido a pandemia. Agora, a Companhia pretende revitalizar as trilhas, entre outras melhorias para reabrir a unidade para visitação.

 

CESP – ATENDIMENTO À IMPRENSA

Infomuts – Informação Inteligente

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

REGIÃO

Suzano prorroga prazo de inscrições para processo seletivo de Condutora de Veículo Florestal exclusivo para mulheres

As inscrições seguem abertas até o dia 12 de agosto, para todas as mulheres interessadas, na Plataforma de Oportunidades da empresa

Publicados

em

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, prorrogou, até o dia 12 de agosto, o prazo das inscrições do processo seletivo para Condutora de Veículo Florestal I, exclusivo para mulheres, em Brasilândia e Três Lagoas (MS).

 

Com duas vagas ofertadas, o processo seletivo está aberto para todas as mulheres interessadas, sem distinção de idade, etnia, origem ou orientação sexual, desde que atendam aos seguintes pré-requisitos: ter Ensino Médio completo – a formação técnica será considerada um diferencial -; experiencia básica em condução de veículos articulados; conhecimento em avaliação de condições de estradas; conhecimento em planejamento e programação de transporte florestal; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “E” e residir no município de  Três Lagoas ou Brasilândia. As inscrições devem ser feitas pela página: https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/condutora-veiculo-florestal-i/62e2ef93ac36d750bd14edb6?utm_source=website

 

Água Clara

Além do processo seletivo para Condutoras de Veículos Florestais, a companhia também está com uma vaga aberta para Técnico(a) de Segurança do Trabalho I, em Água Clara. Para participar do processo seletivo, aberto a todas as pessoas interessadas, candidatos e candidatas precisam ter: Formação técnica completa em Segurança do Trabalho; conhecimento em Gestão de Pessoas; Formação em NR35 (Trabalho em Altura), NR20 (Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis); Pacote Office avançado; conhecimento em Indicadores de Segurança; conhecimento com APP de segurança e residir em Água Clara ou Ribas do Rio Pardo. A formação em Bombeiro Civil e conhecimento em inglês serão considerados diferenciais para a vaga.

Leia Também:  MUITA CONFUSÃO - show de Henrique e Juliano termina em confusão e sobra até pra a dupla sertaneja

 

As inscrições seguem abertas até o preenchimento da vaga, pela página:     https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/tecnicoa-seguranca-trabalho-i/62e972f62ff2d2722413b496?utm_source=website

 

Mais detalhes sobre os processos seletivos, assim como os benefícios oferecidos pela empresa, estão disponíveis na Plataforma de Oportunidades da Suzano (https://jobs.kenoby.com/Suzano).  Na página, candidatos e candidatas também poderão acessar todas as vagas abertas no Estado e em outras unidades da Suzano no País, além de se cadastrar no Banco de Talentos da empresa.

 

Sobre a Suzano

Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 98 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br

Leia Também:  Hoje Começou a campanha de vacinação contra a pólio atualização da caderneta em Selvíria

 

Informações à Imprensa

Performa Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA