POLÍTICA

Lula vai casar! Tudo o que já sabemos sobre a cerimônia do ex-presidente

A cerimônia está marcada para acontecer às 19h e será em São Paulo. Dos poucos detalhes que a noiva revelou à imprensa um deles é sobre o vestido. A

Publicados

em

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai se casar. O político de 76 anos subirá ao altar no próximo dia 18 de maio com a com a socióloga Rosângela da Silva, a Janja, de 56, com quem vive há pelo menos quatro anos.

“Estou apaixonado como se eu tivesse 20 anos de idade, como se fosse minha primeira namorada. Vou casar da forma mais tranquila possível e vou fazer a campanha feliz”, declarou Lula em recente entrevista à Revista Time.

A cerimônia está marcada para acontecer às 19h e será em São Paulo. Dos poucos detalhes que a noiva revelou à imprensa um deles é sobre o vestido. A peça é assinada pela estilista Helô Rocha, que conversou com a Universa, do Uol. Janja vai usar um vestido longo, em organza (tecido feito de seda) na cor off white e coberto de bordados feitos por moradoras de Timbaúba dos Batistas, uma cidade da região do Seridó, sertão do Rio Grande do Norte.

“Minha mãe e minha família materna são dessa região. Desde a época da faculdade, trabalho com essas mulheres que fazem um bordado muito especial, o de linha, com uma máquina de pedal. É uma mistura de técnicas, ponto cheio, Richelieu [que tem efeito semelhante ao de uma renda] e sombreado, que são feitas nesse tipo de máquinas”, explicou.

“Quando conversei com a Janja, não vi outro caminho a não ser trabalhar com essas bordadeiras. Acho que tinha que ser um vestido brasileiro, com uma mão de obra especial e regional. Elas deram um toque especial”, acrescentou.

De acordo com a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, a indicação da estilista foi da chef Bela Gil, que é amiga do casal e está entre os 150 convidados da festa.

Leia Também:  Etapa municipal do Desafio de Merendeiras é realizada em Selvíria

Sabe-se ainda que os os noivos não têm grandes planos para a lua de mel. Segundo a colunista, em uma reunião do PT, o ex-presidente da república falou sobre o assunto. Disse aos presentes que está em “eterna lua de mel com Janjinha”, como se refere à noiva.

Ainda de acordo com a jornalista, os convidados que vêm de outras cidades foram recomendados pela equipe do noivo a chegaram no dia 17 de maio e bloquear a agenda no dia 18. Foi informado também que estaria rolando uma grande ciumeira entre parlamentares. Pouquíssimos teriam sido convidados pelos noivos.

Na mesma reunião do PT citada acima, Lula teria falado sobre a importância da cerimônia. Disse que é “apegado às tradições” e que queria receber benção e se casar de papel passado, assim como fez nas duas uniões anteriores.

Segundo a jornalista e colunista Mônica Bergamo, a lista de convidados de Lula de Janja, que antes estava restrita a apenas a amigos e familiares, algo entorno de 100 pessoas, já passa de 150 convidados, com chance de crescer ainda mais.

Leia Também:  Mega-Sena: Saiu; uma pessoa acertou os seis números levou sozinha R$ 78,7 milhões

Um dos critérios do casal, segundo a jornalista, foi incluir na lista pessoas que são consideradas igualmente amigas de Lula e de Janja. Chico Buarque e sua mulher, Carol Proner, por exemplo, foram convidados. Gilberto Gil e Flora Gil também, bem como Daniela Mercury e Malu Verçosa.

Na quinta-feira, 12 de maio, a noiva Janja foi às redes sociais comentar sobre o grande dia.

Presidente Lula no Podpa
Por EDUARDO ELIAS – ms noticias
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

CCJ da Câmara aprova piso salarial para enfermagem

Texto segue para análise da comissão especial

Publicados

em

A Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o texto da Proposta de Emenda à Constituição 11/2022, que dá segurança jurídica ao piso salarial nacional de enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras. Agora, o texto segue para a comissão especial, que deverá discutir a PEC antes de sua apreciação em plenário.

A votação, ocorrida de maneira simbólica, só não foi unânime porque o partido Novo foi divergente. Já o deputado Bilac Pinto (União Brasil-MG) afirmou que a comissão especial deve definir qual será a fonte de custeio desse piso salarial. “Nós somos a favor, mas não podemos botar essa conta somente para as prefeituras e para os hospitais”, disse.

A matéria foi proposta após senadores e deputados aprovarem o PL 2.564/2020, de autoria do senador Fabiano Contarato (PT-ES), que prevê piso mínimo inicial para enfermeiros no valor de R$ 4.750. Pela proposta, esta será a remuneração mínima a ser paga nacionalmente por serviços de saúde públicos e privados. No caso dos demais profissionais, o texto fixa 70% do piso nacional dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

Leia Também:  OLETIM DA OBRA DO PROJETO CERRADO - EDIÇÃO Nº 11 - Brigada de Combate a Incêndio

Edição: Fábio Massalli

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA