POLÍCIA

Policia Militar e Polícia Civil de Selviria prenderam nesta Quarta- feira(17), quatro indivíduos por Tráfico de Drogas no Bairro da Véstia com aproximadamente 300 kilos de Maconha.

Publicados

em

Nesta Quarta-Feira de Cinzas(17), a Guarnição da Policia Militar de Selviria comandada pelo Sub-Tenente Ruis, recebeu informações sobre 02 veículos possivelmente estariam trazendo substancias como entorpecentes pela Rodovia que dá acesso ao Bairro da Véstia, sendo que um dos veículos seria um Gol, como batedor , e outro veiculo, um Prisma que estaria carregado com Drogas em seu Porta malas.
Assim a Guarnição da Policia Militar de Selviria, deslocou-se até o Bairro da Véstia para abordar os tais veículos com as suspostas caracteristicas, e ao avistarem o veiculo Gol na cor prata na rua W, ali no bairro da Vestia, a policia Militar realizou uma revista pessoal nos indivíduos das iniciais C e J, e questionados sobre a origem e destino deles, os mesmos relataram estar indo para a cidade de Uberlandia/MG, também foram indagados sobre a possível carga ilícita e os mesmos negaram, mais relataram ter passagem por Tráfico de Drogas, e com eles estavam duas senhoras sendo elas das iniciais W e S, onde as mesmas estavam em uma Padaria na Avenida Nossa Senhora do Guadalupe.

Leia Também:  Mato Grosso do Sul recebe novo lote com 105.090 doses da vacina contra Covid-19

Diante disso a Guarnição da policia Militar de Selviria teve a necessidade de averiguar melhor as passagens destas pessoas, que inclusive a senhora da inicial W, a qual não possui documentos, e se apresentando verbalmente, constava um b.o de homícidio verificado nos dados passados por ela via SIGO.
Dando continuidade aos os procedimentos, a Policia Militar de Selviria recebeu a informação que o Veiculo Prisma estaria danificado e que os indivíduos teriam rebocado, na tentativa de esconde-lo em uma residencia na rua V no Bairro da Véstia, assim a Policia descolou-se até o local, onde foi localizado o referido Veículo Prisma, neste momento foi chamada a Delegada de Policia Civil Dra Nelli Macedo , que solicitou a presença da Perícia da Cidade de Três Lagoas, que colheram a impressões digitais do Veiculo e ao abrir o porta Malas encontraram 398 tabletes de uma substância de cor esverdeada com cor e odor característico de maconha pesando aproximadamente 300 kilos.

Foi dada a Voz de Prisão aos envolvidos, onde os mesmos foram encaminhados até a Delegacia de Policia Civil de Selviria, onde todos foram entregues sem lesões corporais.

Leia Também:  Aquecimento global ameaça cidades costeiras, alertam peritos da ONU

Os indivíduos estão a disposição da Justiça.

Por Redação Acontece na Selviria.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

PM e Polícia Civil já autuaram mais de 25 pessoas que participaram de festa clandestina de casamento

Publicados

em

A Polícia Civil e a Polícia Militar de Maracaju já identificaram e qualificaram mais de 25 pessoas que desrespeitaram o Decreto Municipal N.º 15.644 de 31 de março de 2021, que proíbe aglomerações na cidade e participaram de um casamento com mais de 50 convidados no último sábado, dia 5 de junho.

Conforme o comandante da Companhia Independente da PM no município, major Edcezar Zeilinger, no início da noite de sábado, familiares do noivo procuraram a unidade para pedir autorização para realizar a festa. “Nós informamos sobre as restrições e proibições impostas pelo Decreto e que não poderia haver festa, comemoração ou qualquer tipo de aglomeração”, afirma.

Para surpresa do comando da PM de Maracaju, por volta de 21 horas foi recebida uma denúncia sobre a realização de uma festa de casamento em uma fazenda localizada na MS-460, distante aproximadamente 30 quilômetros da área urbana da cidade.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, a maioria dos convidados evadiram. “Qualificamos aqueles que permaneceram no local, para que respondam por infração de medida sanitária, prevista no Código Penal, encerramos a festa e informamos inclusive que caso insistissem, responderiam também por desobediência”, lembra.

Leia Também:  Brasil antecipou mais de 16 milhões de doses de vacinas, diz Queiroga

Porém, após a saída da Polícia Militar os proprietários da fazenda, que pertencem à família do casal de noivos, deram continuidade à celebração. “No domingo nos deparamos com diversos vídeos divulgados nas redes sociais, mostrando não apenas que a festa teve continuidade, mas que não houve qualquer respeito às medidas sanitárias, pois todos estavam sem máscaras e aglomerados”, relata o major Edcezar.

Os vídeos divulgados nas redes sociais foram copiados e apreendidos pela Polícia Civil, para serem utilizados como provas, bem como no intuito de identificar o maior número de pessoas possível, para que respondam pelas infrações cometidas.

Conforme o delegado Guilherme Sarian, tanto donos da propriedade rural, como organizadores e convidados irão responder por desobediência e infração de medida sanitária preventiva, crimes estes previstos nos artigos 330 e 268, do Código Penal, que prevê penas de 15 dias a 1 ano de detenção, mais multa.

“Nós iremos encaminhar todo o material que temos para a Vigilância Sanitária, para que esses autores sejam também responsabilizados administrativamente”, garante o delegado.

Leia Também:  POLÍCIA MILITAR DE SELVÍRIA RESGATA INDIVIDUO QUE TENTAVA SUICÍDIO NA TORRE DE TELEFONIA.

A Vigilância Sanitária de Maracaju informou que o processo administrativo já foi iniciado e que haverá uma reunião, ainda hoje entre o órgão, a PM e a Polícia Civil, para identificar todos os participantes do evento.

Joelma Belchior, Sejusp
Foto: Arquivo Polícia Militar

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA