POLÍCIA

Homem é preso por estuprar e engravidar enteada de 11 anos em MS

Suspeito foi indiciado e denunciado pelo MP por estupro de vulnerável

Publicados

em

FOTO - ILUSTRATIVA

Homem é preso por estuprar e engravidar enteada de 11 anos em MS

Suspeito foi indiciado e denunciado pelo MP por estupro de vulnerável

 de Amambai, município a 352 quilômetros de Campo Grande, prendeu preventivamente nesta terça-feira (01) o homem suspeito de estuprar a enteada de 11 anos, e engravidá-la. O suspeito confessou o crime e vai responder por estupro de , agravado pelo fato de ele ser o  da vítima.

De acordo com o delegado Caio Macedo, responsável pelo inquérito, o caso veio à tona há cerca de 15 dias, quando a vítima, moradora em uma aldeia da região, procurou atendimento médico na rede de saúde do município depois de passar mal. Na ocasião, a gravidez já era de 25 semanas. “Após exame, foi constatada a gestação e imediatamente a  e o Conselho Tutelar foram acionados”, disse.

A mãe foi encaminhada para prestar depoimento e alegou desconhecer a gravidez até então. A criança, por sua vez, informou que o responsável pelos abusos era o . “A mãe explicou que mantinha convívio com o homem, mas que ele estava sem dar notícias há algum tempo”, comentou o delegado.

Leia Também:  Eleições 2020: saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos

Os abusos ocorriam há pelo menos um ano, sempre que a criança ficava a sós com o agressor. A mãe saía de casa para trabalhar ou realizar outras tarefas, oportunidade que o homem aproveitava para agir. Ele foi preso, indiciado pelo crime e, conforme o delegado, já foi até mesmo denunciado pelo Ministério Público Estadual.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Bolivianos são flagrados atravessando fronteira com R$ 1,5 milhão em táxi

Ocorrência foi encaminhada à PF

Publicados

em

 apreendeu R$ 1.556.910,00 em espécie não declarado durante fiscalização realizada na manhã desta segunda-feira (19), no posto Esdras, situado em Corumbá, na fronteira entre Brasil e , a 429 quilômetros de Campo Grande. O dinheiro era transportado por dois bolivianos de 30 e 20 anos.

Eles tentavam levar a quantia para o país vizinho em táxi boliviano, mas, dado o fechamento momentâneo da fronteira em razão das eleições presidenciais por lá, foram impedidos e tiveram que retornar para o Brasil quando foram surpreendidos pela fiscalização.

O montante, que estava acondicionado em três malas, e os viajantes foram encaminhados para a Delegacia de  de Corumbá, para a apuração do crime de evasão de divisas..

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  46 cidades de MS estão sob alerta de tempestade e até granizo
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA