MATO GROSSO DO SUL

Temporada de pesca começa com cota de 2020 valendo: um exemplar e cinco piranhas

Publicados

em

A partir desta segunda-feira (01.03), a pesca esportiva para captura está liberada nas bacias dos rios Paraguai e Paraná, respeitando-se a cota fixada pelo Governo do Estado em 2019. Nos rios pantaneiros, o pescador amador poderá levar um exemplar de qualquer tamanho, dentro das especificações mínimas e máximas definidos por lei, e mais cinco piranhas.

A pesca amadora ou recreativa é praticada como uma atividade de lazer e em Mato Grosso do Sul. Esse esporte, que cada vez mais agrega participantes, está aliada ao turismo de natureza e aventura ou contemplação. Por isso, a maioria dos seus praticantes aderiram ao pesque-solte, que em Corumbá, principal destino, já representa mais de 80% dos visitantes.

Estado é um dos principais polos de pesca. No Pantanal, o Rio Paraguai e seus principais afluentes (Taquari, Aquidauana e Miranda) propiciam temporadas inesquecíveis. Após proibição de captura, o dourado predomina na região de Corumbá, onde foi decretada moratória há 12 anos, medida preservacionista transformada em lei estadual em 2019 por cinco anos.

Opções de pesca

O Rio Paraná, além do tucunaré, espécie exótica em abundância, é também paraíso de grandes exemplares de piapara, dourado, barbado, corimba, pirarara, tambaqui, corvina, tilápia e o jau. A região Leste, principalmente Três Lagoas e Paranaíba, concentra um dos maiores centros de pesca esportiva, com boas estruturas de pousadas e pesqueiros a oferecer aos turistas.

Leia Também:  Secretário de Estado de Saúde anuncia vacinação de novos grupos contra a Covid-19

O Estado dispõe de várias opções para a prática da pesca esportiva. Em Corumbá, predominam os barcos-hotéis, que tem uma infraestrutura de serviços que garante comodidade, acessibilidade, guias de pesca e entretenimento (piscinas, bares). Operam com grandes grupos em viagens de cinco dias pelo Rio Paraguai, navegando 200 km ao Norte da cidade.

No Pantanal, o turista tem a disposição vários barcos-hotéis
 

Considerado um dos principais destinos, Corumbá tem hoje 27 barcos-hotéis operando durante toda a temporada (março a outubro). Os operadores criaram vários protocolos de biossegurança para garantir a saúde dos visitantes, os quais chegam na cidade e seguem direto para as embarcações, onde passam por aferição de temperatura e desinfecção diária.

Sem aglomeração

Nas demais regiões de pesca – Coxim, Aquidauana, Miranda, Bonito, Rio Verde, Ladário, Jardim e Porto Murtinho -, predominam os pequenos grupos, que saem em lanchas ou botes de no máximo três pessoas. Com a ocorrência da pandemia do coronavírus, a pescaria familiar ou entre poucas pessoas tem sustentado a atividade nestes pontos turísticos.

Pousadas bem estruturadas garantem conforto ao visitante

“Nossa pescaria não tem aglomeração, são pequenos grupos, diferentemente de regiões onde operam grandes barcos-hotéis”, diz o empresário Marco Aurélio Nunes, de Porto Murtinho, dono de uma pousada (do pescador) com 63 leitos. Na cidade, a pesca se pratica em frente ao porto (com ceva para o pacu), na Pedreira (20m de barco) e no Rio Apa (distante 60 km).

Leia Também:  Infectados com covid-19 são identificados com pulseiras em cidade do Estado do Paraná.

Em Coxim, os empresários do setor esperam o retorno do pescador neste início de temporada, cujas reservas estão animando os donos de hotéis, pousadas e pesqueiros. O mesmo ocorre em Rio Verde, Miranda e Bonito, onde o Governo do Estado implantará o acesso pavimentado ao distrito de Águas de Miranda, pela estrada do “21” (MS/345), fomentando o turismo local.

Subsecretaria de Comunicação, Subcom

Fotos-Divulgação

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Campanha de abertura da pesca do MS fica entre as melhores do ‘Best Ads On TV’

Publicados

em

A campanha de abertura da pesca em Mato Grosso do Sul, lançada no início do mês, foi destaque mundial no ‘Best Ads On TV’ (www.bestadsontv.com/best/tv), um dos mais famosos portais de propaganda mundial. O site é responsável por um acervo das melhores campanhas publicitárias já realizadas em todos os países e a cada semana faz a escolha das melhores campanhas de TV, Print, Outdoor e Rádio do mundo.

Para o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, a notícia da campanha de abertura da pesca estar em destaque no portal foi uma grata surpresa. “Estou muito feliz com essa notícia. A campanha da reabertura da pesca do Mato Grosso do Sul foi elaborada pela agência Compet em parceria com a Diretoria de Promoção e Mercado da Fundtur, que faz um trabalho na segmentação do turismo há quatro anos. E estar presente num dos principais portais da propaganda mundial como uma das principais peças publicitárias do mundo nessa semana é motivo de muito orgulho para todos nós da Fundtur e, naturalmente, para a agência que nos atende. Desenvolvemos uma expertise ao longo desses quatro anos trabalhando juntos, de fazer promoção assertiva, de trabalhar muito bem as segmentações, de saber como queremos comunicar, de fazer excelentes briefings, construir juntos as campanhas e isso agora é fruto da competência de toda a equipe. Estamos muito felizes com o resultado e isso vai impulsionar ainda mais a imagem do Mato Grosso do Sul no cenário mundial, não só como um dos principais destinos de ecoturismo e pesca esportiva do mundo, mas também como um destino que tem um órgão gestor que sabe fazer promoção”, ressalta.

Leia Também:  Fiocruz alerta para cenário 'crítico' da pandemia em MS nas próximas semanas

Assista aqui

Criada pela agência Compet, a campanha anunciou a abertura da temporada de pesca no MS. Para isso, seguiram pelo inusitado: falar de pesca sem mostrar rio ou peixe e apostaram em mostrar o sentimento de alguém que ama pescar, mas não pode durante o período da Piracema. Na semana em que a campanha foi ao ar, ela ficou entre as seis melhores do mundo, segundo o portal Best Ads On TV, algo nunca antes alcançado por uma campanha publicitária criada no estado.

Segundo Rodrigo Perez, da Compet, a ideia foi pensar como um pescador, “por isso, a campanha viralizou entre grupos de WhatsApp instantaneamente. O reconhecimento e a disseminação foram imediatos, com as pessoas se vendo nessa saudade, nessa necessidade de praticar o esporte, através de situações bem humoradas. Internacionalmente, o sucesso foi impactante, reconhecendo a sensibilidade da campanha com o sentimento do pescador apaixonado e com a sua ansiedade em voltar aos rios”, explica.

“Esse é um grande resultado tanto para a Fundtur quanto para o mercado publicitário sul-mato-grossense que mostra seu talento e seu potencial.  Para a Fundtur, fica o forte apelo para atrair pescadores de todo o país através do conhecimento e da sensibilidade com o público-alvo, sentindo suas necessidades e falando a sua língua, mostrando como o MS tem tradição e propriedade no assunto, estando preparado para oferecer uma experiência inesquecível para quem vem pescar aqui. Para a Compet, fica a realização de proporcionar ao cliente ótimos resultados e a satisfação de ser responsável pela projeção da nossa publicidade para o mundo”, salienta Rodrigo.

Leia Também:  Eldorado inicia operação de termoelétrica movida a biomassa de eucaliptos

Para figurar no acervo do site ‘Best Ads On TV’, o portal recebe os materiais e faz uma pré-lista e um júri capacitado faz a escolha das 6 melhores peças publicitárias do mundo na semana. Esta é a primeira vez que uma agência de Mato Grosso do Sul tem peças de TV e Print selecionadas entre as 6 melhores do planeta.

Campanha ‘Temporada de Pesca 2021’

De olho na temporada de pesque e solte que começou em 1º de março, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FundturMS) lançou a nova campanha “Temporada de Pesca 2021”. A nova campanha de promoção da pesca no MS é composta por vídeos de incentivo à atividade, landing page com informações sobre a pesca, e-book, vídeo treinamento sobre o pesque e solte para agentes de viagem e diversos materiais para redes sociais. Para saber mais sobre a temporada de pesca 2021 em Mato Grosso do Sul, clique em https://info.visitms.com.br/pesca_materiais_para_download

Texto: Débora Bordin – Fundação de Turismo de MS
Imagem destaque: Reprodução

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA