INTERNACIONAL

Rússia confirma retirada do Tratado ‘Open Skies’ e nega ‘recado’ a Biden

Moscou julgou desequilíbrio de propostas com países signatários após saída de Washington, em novembro

Publicados

em

Aviões MIG21, modelo fabricado pela União Soviética, realizam testes em território da Rússia em setembro de 2019 (Foto: Pixabay/Eugene)

Rússia selou a saída do Tratado de Céu Aberto (Open Skies, em inglês) nesta segunda-feira (18), confirmou a agência estatal Tass. O país deixa o tratado menos de dois meses após a desistência dos EUA, em 22 de novembro.

Questionada sobre o pacto, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou que a saída não deve ser interpretada como uma “mensagem” ao novo presidente dos EUA, Joe Biden.

“Fiquei surpresa ao ver a imprensa liberal lendo desta forma”, disse. “Não é uma análise séria. Mais que isso, é uma interpretação errada”, apontou, sem dar mais detalhes.

A “interpretação” seria consequência de um apoio de Vladimir Putin a Donald Trump, que deixa o cargo nesta quarta (20). Assim como os líderes do Brasil, Jair Bolsonaro, e México, Andrés Manuel López Obrador, Putin foi um últimos a parabenizar Biden pela vitória nas eleições realizadas em novembro do ano passado.

No comunicado lançado no dia 15, a Rússia alega que a retirada tem a ver com o desequilíbrio deixado pelos EUA nos interesses dos países signatários. “A saída dos EUA alterou o equilíbrio de interesses e as propostas da Rússia para manter o acordo vivo foram rejeitadas pelos aliados de Washington“, diz o texto.

Leia Também:  Polícia Ambiental disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca

Decisão unilateral

Os EUA denunciaram supostas irregularidades e violações de Moscou por pelo menos seis meses antes de oficializar a saída do tratado. À época, o Kremlin condenou a decisão, a qual julgou como prejudicial à segurança do grupo.

“A saída era inevitável”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying. “A razão direta por trás da decisão de Moscou é a retirada unilateral dos EUA, apesar da posição internacional”.

Em vigor desde 2002, o Tratado de Céu Aberto inclui 34 países aptos a realizar voos de observação e vigilância desarmados sobre os territórios uns dos outros.

O pacto, que prevê a transparência para coleta de dados sobre as forças e atividades militares, possibilitou mais de 1,5 mil voos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

INTERNACIONAL

ANOMALIA – Filhote de cachorro nasce com um olho, sem focinho e com duas línguas nos EUA

A dona tentou alimentar o pequeno com conta-gotas, mas o animal não resistiu e faleceu

Publicados

em

Ciclope faleceu dias após o nascimento. (Foto: Reprodução/Facebook)

Um cachorro nasceu com uma deformidade rara nas Filipinas, o filhote veio a vida com apenas um olho, sem focinho e com duas línguas. Por conta da má formação, o pequeno animal não resistiu e faleceu ainda nos primeiros dias de vida.

O pequeno Ciclope, como foi chamado por sua dona Amie de Martins, nasceu no dia 6 de fevereiro, conforme publicado no jornal Metro World News. A dona conta que tentou alimentar o filhote com conta-gotas e leite em pó.

Apesar dos esforços, o animal acabou não resistindo, segundo sua dona, ele tinha muita dificuldade para comer e respirar.

Apesar de raro, a ciclopia, onde o ser nasce com apenas um olho, ocorre entre os vertebrados e pode ser diagnosticada até mesmo em humanos, que normalmente falecem ainda durante a gestação ou logo após o nascimento.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Restante da semana terá aumento de nebulosidade e mudanças no tempo
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA