GERAL

Senado aprova comissão para apurar desaparecimento na Amazônia

Grupo de senadores deverá ir até o Vale do Javari

Publicados

em

O Senado aprovou, na sessão dessa segunda-feira (13), a criação de uma comissão temporária externa para acompanhar as investigações do desaparecimento do jornalista Dom Phillips, correspondente do jornal britânico The Guardian, e do indigenista Bruno Araújo Pereira, servidor licenciado da Fundação Nacional do Índio (Funai). Os dois estão desaparecidos desde 5 de junho na região da reserva indígena do Vale do Javari, a segunda maior do país, com mais de 8,5 milhões de hectares.

O pedido de criação da comissão foi feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Segundo ele, a região está entregue a organizações criminosas de garimpo ilegal, de extração ilegal de madeira e também do narcotráfico. “E são essas organizações criminosas no Vale do Javari, contra as quais Dom Phillips, Bruno Pereira e os povos indígenas lutavam”, argumentou o senador.

O grupo será formado por três integrantes da Comissão de Direitos Humanos, três da Comissão de Meio Ambiente e três da Comissão de Constituição e Justiça. Segundo Randolfe, o objetivo é ir até o Vale do Javari, apurar as causas do desaparecimento e investigar o aumento da criminalidade na Amazônia, considerado por ele uma das causas do desaparecimento do jornalista e do indigenista. O colegiado deverá atuar por 60 dias.

Leia Também:  Etapa municipal do Desafio de Merendeiras é realizada em Selvíria

Durante a sessão, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) propôs aguardar mais alguns dias antes de criar a comissão. Para ele, pode ser questão de dias o desfecho do caso, com a localização de Phillips e Pereira, considerando os esforços do poder público nas buscas. Pacheco, no entanto, manteve a votação do requerimento de Randolfe. O presidente do Senado entendeu que a missão da comissão externa vai além. O colegiado deverá se debruçar sobre as atividades criminosas praticadas naquela região.

“Eu considero que a criação da comissão externa, além da questão do desaparecimento e do eventual desfecho trágico em relação ao indigenista Bruno Araújo e ao jornalista Dom Phillips, é aquilo que disse no começo desta sessão: existe uma situação hoje, no Estado do Amazonas e em outros estados, onde há a Floresta Amazônica, de crime organizado, tráfico de drogas, tráfico de armas, desmatamento ilegal, extração de madeira ilegalmente, pesca ilegal, garimpo ilegal”.

No início da sessão, Pacheco fez uma longa fala sobre o caso, lamentando o ocorrido. “Nós não queremos precipitar o que de fato aconteceu com o Bruno Pereira e com o Dom Phillips, mas, caso se confirme o fato de terem sido eventualmente assassinados, é uma situação das mais graves do Brasil”. Ele afirmou que o Senado tem o dever de reagir ao que tem ocorrido na Amazônia.

Leia Também:  MS ganha novo HR, a maior fábrica de celulose do mundo e mais investimentos no interior do Estado

“Portanto, de fato, não por esse acontecimento apenas, mas por todo o contexto de um estado paralelo que se impõe num lugar em que infelizmente o Estado brasileiro não consegue preencher suficientemente, isso é motivo de alerta e de reação do Senado.”

Pacheco também exaltou o trabalho de Bruno Pereira como servidor da Funai, no combate às ilegalidades praticadas em terras indígenas. “Segundo se sabe, o Bruno Araújo Pereira, servidor da Funai, vinha denunciando uma série de irregularidades, de crimes praticados naquela região, de atentados a povos indígenas, de descumprimento da lei, de um estado paralelo ali implantado e que vinha então sendo denunciado por ele”.

Na última sexta-feira (10), a Polícia Federal (PF) no Amazonas, que está à frente das forças de segurança na Operação Javari, informou que equipes de busca encontraram material orgânico, “aparentemente humano”, em uma área próxima ao porto de Atalaia do Norte.

Edição: Graça Adjuto

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Mega-Sena: Saiu; uma pessoa acertou os seis números levou sozinha R$ 78,7 milhões

Confira o resultado das demais loterias que tiveram sorteio realizado

Publicados

em

Um apostador acertou as seis dezenas do concurso 2494 da Mega-Sena e levou o prêmio de R$ 78,7 milhões.

O sorteio foi realizado neste sábado (25), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo.

Os números do sorteio 2494 foram: 01-04-10-22-53-54.

A quina, quando é acertado cinco números, teve 157 apostas ganhadoras, que levarão R$ 35.919,96 cada.

Já a quadra teve 11.899 apostas ganhadoras. O prêmio foi de R$ 677,05.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 18h (horário de MS) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

A quantidade de ganhadores da Mega-Sena e o rateio podem ser conferidos aqui.

Mega-sena

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. Para adequar o número do concurso da Mega da Virada, que deve ter final 0 ou 5 foram criadas as Mega-Semanas que são exclusividades da Mega-Sena.

Os sorteios ocorrem em datas predeterminadas ao longo do ano. Na ocasião são realizados três concursos semanais, às terças, quintas e sábados.

Confira no cronograma de sorteio ou em Comunicados Importantes.

QUINA

Concurso 5880 (25/06)

Saiiu!

Onze apostadores acertaram os cinco números da Quina, no concurso 5881.

As dezenas sorteadas foram: 35-36-49-75-80.

A estimativa de prêmio para o próximo concurso é de R$ 700 mil..

A quadra teve 2.026 apostas ganhadoras e cada acertador receberá um prêmio de R$ 7.045,11.

Leia Também:  Etapa municipal do Desafio de Merendeiras é realizada em Selvíria

Já o terno teve 155.913 acertadores, com prêmio de R$ 87,18cada.

Concorra a prêmios grandiosos com a Quina: basta marcar de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis no volante e torcer. Caso prefira o sistema pode escolher os números para você através da Surpresinha.

Ganham prêmios os acertadores de 2, 3, 4 ou 5 números. Você ainda pode concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos com a Teimosinha.

São 6 sorteios semanais: de segunda-feira a sábado, às 20h.

A quantidade de ganhadores da Quina e o rateio podem ser conferidos aqui.

DUPLA SENA

Concurso 2383 (25/06)

Acumulouuuu!

Ninguém acertou as seis dezenas nos dois sorteios e o prêmio acumulou em R$ 8,6 milhões.

O primeiro sorteio teve os seguintes números sorteados: 02-10-20-29-41-46.

A quina teve 22 apostas ganhadoras no primeiro sorteio, levando cada um o valor de R$ 4.282,03.

No segundo sorteio, foram sorteados os números: 07-09-15-17-18-47.

Foram 23 ganhadores da quina do segundo sorteio, com prêmio de R$ 3.686,27 cada.

A quantidade de ganhadores da Dupla Sena e o rateio podem ser conferidos aqui.

TIMEMANIA

Concurso 1800 (25/06)

Acumulouuuu!

Ninguém acertou os 7 números e o prêmio acumulou em R$ 39,5 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 02-10-29-35-46-48-59 e o time do coração foi o Bragantino (SP).

A sena teve 8 ganhadores, levando o prêmio de  R$ 44.253,09 cada.

Já a quina teve 413 apostas ganhadoras., prêmio de R$ 1.224,57 cada.

A quadra teve 7.861 ganhadores, que vão levar R$ 9,00.

Para participar, o valor mínimo é de R$ 3,00.

Leia Também:  MS ganha novo HR, a maior fábrica de celulose do mundo e mais investimentos no interior do Estado

A quantidade de ganhadores da Timemania e o rateio pode ser conferidos aqui.

Lotofácil

Concurso 2556 (25/06)

Teve 1 ganhador

Uma pessoa acertou as quinze dezenas e receberá o prêmio de R$ 1.030.921,38.

Os números foram: 01-02-05-10-11-12-15-17-18-20-21-22-23-24-25.

A Lotofácil também paga apostadores que acertam 14, 13, 12 e 11 números.

Com 14 acertos, tiveram 310 apostas ganhadoras, prêmio de R$ 996,13.

Para 13 números, houve 8970 ganhadores, com prêmio de R$ 25,00 cada.

A quantidade de ganhadores da Lotofácil e o rateio podem ser conferidos aqui.

COMO JOGAR NA MEGA-SENA

A Mega-Sena paga milhões para o acertador dos 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas.

Para realizar o sonho de ser o próximo milionário, você deve marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).

A aposta mínima são de 6 números e o valor é de R$ 4,50.

Quanto mais números você marcar, maior a chance de acertar, porém, o valor aumenta conforme a quantidade de números marcados. Só para ter uma referência de valor o jogo com 7 números já passa a custar R$ 31,50.

PRÊMIO

As apostas vencedoras do prêmio da Mega-Sena tem até 90 dias para comparecer até uma agência da Caixa Econômica Federal para requisitar o prêmio.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA