GERAL

Governo apresenta projeto para melhorar a carreira dos professores da rede estadual

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso do Sul deu mais uma mostra do seu compromisso de valorização dos servidores públicos com a apresentação, nesta quinta-feira (01.10), do  Projeto de Lei Complementar 5/2020, que altera o Estatuto dos Profissionais de Educação Básica e contempla profissionais da REE (Rede Estadual de Ensino). A proposta foi construída com participação efetiva da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e entregue aos deputados estaduais pelo secretário de Governo, Eduardo Riedel, que ressaltou o diálogo e entendimento entre os envolvidos na proposta.

“Desde o início do nosso governo, estamos trabalhando pela modernização da relação com os servidores. Os profissionais da educação pertencem a uma categoria grande e muito importante para nossa gestão. Estamos promovendo algumas adequações, mas sem perder de vista o ganho real dos salários e a valorização efetiva desses profissionais”, destacou Riedel.

O projeto determina o pagamento do piso salarial de 20 horas aos educadores, de forma escalonada até 2027, mantendo os percentuais previstos para 2020 e 2021, além da mudança no sistema remuneratório e na política de melhorias nas carreiras da Educação Básica. Outro ponto importante é a previsão de realização de um concurso público para professores.

Leia Também:  Temporal causa estragos nas regiões Sul e Sul-Fronteira de MS; Defesa Civil contabiliza danos

Para o presidente da Fetems, Jaime Teixeira, o projeto é muito importante para toda a categoria: “Foram inúmeras negociações com o Governo do Estado, com a evolução em pontos fundamentais para a Educação do povo de Mato Grosso do Sul. A manutenção das 20 horas é fundamental e a melhor lei de recomposição salarial é a nossa”, destacou.

A secretária de Administração e Desburocratização, Ana Carolina Araujo Nardes, também enfatizou o diálogo como item fundamental na construção deste projeto: “Foram meses de estudos técnicos, análises e trabalho intenso, além do diálogo e de tratativas constantes entre o Estado e a Fetems. Este trabalho resultou em um acordo que atende à categoria, traz benefícios ao estado e à população”.

Texto: Alexsandro Nogueira (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica – Segov).

Foto: Wagner Guimarães – Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Calor excessivo faz aumentar consumo de energia e requer cuidados para economizar

Publicados

em

Mato Grosso do Sul teve aumento de 25% na demanda por energia elétrica no mês de setembro, segundo registro da concessionária Energisa MS, que atende a maior parte do Estado. Houve um recorde de consumo diário em 2 de outubro. Consumidores estão recebendo mensagens de alerta para o uso de forma consciente e de como economizar.

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) reforça a importância de cuidados na utilização da energia. O calor excessivo, a falta de chuva e o uso intenso de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos influenciam em uma conta de luz mais salgada.

Para que as pessoas se mantenham confortáveis nos dias de muito calor, o gasto de energia elétrica aumenta. Ar condicionado ligado por longos períodos, ventilador trabalhando sem parar, freezer e refrigerador em modo super frio impactam no consumo e, consequentemente, no valor da fatura.

Com alguns cuidados no dia a dia é possível economizar um pouco mais na conta de luz.

Uma dica que vale para todos os aparelhos: cuide para que a manutenção esteja em dia. Equipamentos antigos ou com funcionamento prejudicado por algum defeito possuem o seu rendimento reduzido. Dessa forma, consumirão mais energia para realizar a mesma tarefa. Realize manutenções periódicas ou substitua-os por novos (nesse último caso, sempre optar pelos aparelhos que tenham o selo do PROCEL de eficiência energética).

Leia Também:  Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro

Fique atento também aos cuidados específicos:

Ar condicionado

A escolha do aparelho é relevante. Uma tecnologia que faz o ar condicionado consumir menos é o chamado “inverter”, que ajusta a velocidade do compressor à demanda de resfriamento do ambiente. Equipamentos com esta tecnologia são mais caros, mas permitem a redução do consumo de energia

Escolha a temperatura certa no aparelho. Configure de acordo com o tamanho do ambiente a ser refrigerado;

Mantenha portas e janelas fechadas durante o uso. Isso evita que haja muita troca de calor entre o ambiente refrigerado e a sua parte externa;

Outra solução é não programar o aparelho para gerar temperaturas muito baixas. Uma vez que a temperatura escolhida for mais alta, o ar condicionado se esforçará menos para mantê-la e o compressor passará mais tempo desligado;

Desligue o equipamento ao deixar o ambiente;

Programe o ar condicionado para desligar durante a madrugada;

Mantenha os filtros sempre limpos.

Geladeira e Freezer

Verifique se a borracha de vedação está em boas condições;

Evite abrir e fechar a porta da geladeira muitas vezes. Procure pegar tudo o que precisa de uma vez só;

Leia Também:  CRIMES ELEITORAIS : Polícia Federal usará drones para flagrar crimes como boca de urna

Para ter água gelada à mão, você pode reservar uma garrafa com gelo do lado de fora da geladeira;

Evite colocar comidas quentes no equipamento: espere o alimento atingir a temperatura ambiente;

Respeite o limite de volume interno que o fornecedor indica. “Abarrotar” o equipamento acarreta no mau funcionamento e no maior consumo de energia;

Chuveiro

Use o chuveiro na posição “verão” e tome banhos mais curtos. A economia de energia elétrica pode chegar a 30%.

Lâmpadas

Troque as lâmpadas fluorescentes pelas de LED, que são mais econômicas e tem maior durabilidade. Além disso, emitem menos calor ao ambiente.

Dicas Gerais

Mantenha os cômodos vazios com as luzes apagadas;

Aproveite a luz natural, abrindo cortinas e janelas;

Evite o stand-by: retire da tomada os aparelhos que não estão sendo utilizados;

Acumule roupas sujas para utilizar a máquina de lavar. Esta dica também serve para o uso do ferro elétrico: separe a maior quantidade de roupas para passar de uma vez.

Gizele Oliveira, Agepan

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA