GERAL

Ararinhas-azuis são soltas na natureza 20 anos depois de extinção

Espécie é considerada extinta desde o ano 2000

Publicados

em

Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Oito ararinhas-azuis (Cyanopsitta spixii) serão soltas hoje (11) em uma área de preservação ambiental no interior da Bahia. A espécie é considerada extinta na natureza desde o ano 2000, quando desapareceu o último animal selvagem, que era acompanhado por pesquisadores.,

As aves que serão soltas – cinco fêmeas e três machos – fazem parte de um grupo de 52 trazidas de um criadouro da Alemanha para o Brasil, em 2020, com o objetivo de reintroduzir a espécie na natureza.

O coordenador do Plano de Ação Nacional para a Conservação da Ararinha-Azul, Antonio Eduardo Barbosa, explica que esse primeiro grupo de oito aves foi escolhido entre os mais aptos a sobreviver na natureza.

“São animais sadios, que têm musculatura de voo, que interagem e que não apresentam comportamento agonístico, isto é, que não brigam com outro. São os animais mais aptos para a soltura”.

As ararinhas-azuis serão soltas com oito araras-maracanã (Primolius maracana), espécie com quem dividia o habitat natural e que tem hábitos semelhantes aos seus.

Nos últimos dois anos, as ararinhas passaram por processo de adaptação em um viveiro instalado na cidade de Curaçá, na Bahia, que envolveu a redução do contato com humanos, o convívio com araras-maracanã, o treinamento do voo, o reconhecimento de predadores e a oferta de alimentos que serão encontrados na natureza.

Leia Também:  Com adesão de municípios, Programa “Bem Nascer MS” projeta avanços na saúde materno-infantil

Para esse projeto de reintrodução, foram criadas, em 2018, duas áreas de preservação nos municípios de Curaçá e Juazeiro: a Área de Proteção Ambiental (APA) da Ararinha-Azul e o Refúgio da Vida Silvestre (Revis) da Ararinha-Azul, que, juntas, somam 120 mil hectares.

“Será uma soltura branda, como chamamos. A gente abre o recinto, mas quer que as aves permaneçam ali. Será ofertada alimentação suplementar durante um ano, para que elas ainda visitem o recinto. Nessa fase experimental, queremos conhecer a dinâmica que as aves vão apresentar”, explica Barbosa.

Essa primeira soltura servirá para que os pesquisadores observem o comportamento da ararinha na natureza, ou seja, os locais que visitam, o que comem etc. Os animais estão marcados com anilhas e transmissores, que permitirão seu rastreamento por alguns meses.

A proposta é soltar mais 12 ararinhas em dezembro deste ano, totalizando 20 aves em liberdade na caatinga. Por enquanto, não há previsão do número de animais que serão soltos a partir de 2023, mas pelo menos parte deles continuará no viveiro de Curaçá como uma reserva para garantir a sobrevivência da espécie, a soltura de novos indivíduos e a reposição das esperadas perdas no ambiente.

Leia Também:  A carreta da panificação vem ai!

Extinção

A ararinha-azul foi descoberta em 1819 e sofreu gradual processo de extinção na natureza, devido a fatores como a destruição do ambiente e a captura para o comércio ilegal de animais silvestres.

Em 1986, a última população selvagem conhecida tinha apenas três indivíduos. O último indivíduo conhecido, um macho, desapareceu em 2000, decretando-se assim a extinção da espécie na natureza.

A ararinha só não desapareceu por completo porque havia cerca de 50 indivíduos vivendo em criadouros espalhados pelo Brasil e o mundo.

Ainda na década de 90, o governo brasileiro começou um projeto de manejo para reprodução desses animais e a negociação do retorno, para o país, de parte das aves que estavam no exterior.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) criou, em 2012, um Plano de Ação Nacional (PAN) para aumentar a população cativa, proteger o habitat e promover a reintrodução da ararinha-azul.

Em 2016, o criadouro alemão Association for the Conservation of Threatend Parrots (ACTP) e o ICMBio lançaram o Projeto de Reintrodução da Ararinha-azul, que permitiria a repatriação dos 52 animais quatro anos depois. Hoje, a população mundial de ararinhas é de quase 200 indivíduos, dos quais três nasceram no viveiro de Curaçá.

Edição: Graça Adjuto

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Mega-Sena: Saiu; uma pessoa acertou os seis números levou sozinha R$ 78,7 milhões

Confira o resultado das demais loterias que tiveram sorteio realizado

Publicados

em

Um apostador acertou as seis dezenas do concurso 2494 da Mega-Sena e levou o prêmio de R$ 78,7 milhões.

O sorteio foi realizado neste sábado (25), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo.

Os números do sorteio 2494 foram: 01-04-10-22-53-54.

A quina, quando é acertado cinco números, teve 157 apostas ganhadoras, que levarão R$ 35.919,96 cada.

Já a quadra teve 11.899 apostas ganhadoras. O prêmio foi de R$ 677,05.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 18h (horário de MS) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

A quantidade de ganhadores da Mega-Sena e o rateio podem ser conferidos aqui.

Mega-sena

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. Para adequar o número do concurso da Mega da Virada, que deve ter final 0 ou 5 foram criadas as Mega-Semanas que são exclusividades da Mega-Sena.

Os sorteios ocorrem em datas predeterminadas ao longo do ano. Na ocasião são realizados três concursos semanais, às terças, quintas e sábados.

Confira no cronograma de sorteio ou em Comunicados Importantes.

QUINA

Concurso 5880 (25/06)

Saiiu!

Onze apostadores acertaram os cinco números da Quina, no concurso 5881.

As dezenas sorteadas foram: 35-36-49-75-80.

A estimativa de prêmio para o próximo concurso é de R$ 700 mil..

A quadra teve 2.026 apostas ganhadoras e cada acertador receberá um prêmio de R$ 7.045,11.

Leia Também:  Mega-Sena: Saiu; uma pessoa acertou os seis números levou sozinha R$ 78,7 milhões

Já o terno teve 155.913 acertadores, com prêmio de R$ 87,18cada.

Concorra a prêmios grandiosos com a Quina: basta marcar de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis no volante e torcer. Caso prefira o sistema pode escolher os números para você através da Surpresinha.

Ganham prêmios os acertadores de 2, 3, 4 ou 5 números. Você ainda pode concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos com a Teimosinha.

São 6 sorteios semanais: de segunda-feira a sábado, às 20h.

A quantidade de ganhadores da Quina e o rateio podem ser conferidos aqui.

DUPLA SENA

Concurso 2383 (25/06)

Acumulouuuu!

Ninguém acertou as seis dezenas nos dois sorteios e o prêmio acumulou em R$ 8,6 milhões.

O primeiro sorteio teve os seguintes números sorteados: 02-10-20-29-41-46.

A quina teve 22 apostas ganhadoras no primeiro sorteio, levando cada um o valor de R$ 4.282,03.

No segundo sorteio, foram sorteados os números: 07-09-15-17-18-47.

Foram 23 ganhadores da quina do segundo sorteio, com prêmio de R$ 3.686,27 cada.

A quantidade de ganhadores da Dupla Sena e o rateio podem ser conferidos aqui.

TIMEMANIA

Concurso 1800 (25/06)

Acumulouuuu!

Ninguém acertou os 7 números e o prêmio acumulou em R$ 39,5 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 02-10-29-35-46-48-59 e o time do coração foi o Bragantino (SP).

A sena teve 8 ganhadores, levando o prêmio de  R$ 44.253,09 cada.

Já a quina teve 413 apostas ganhadoras., prêmio de R$ 1.224,57 cada.

A quadra teve 7.861 ganhadores, que vão levar R$ 9,00.

Para participar, o valor mínimo é de R$ 3,00.

Leia Também:  Quina de São João sorteará prêmio de R$ 200 milhões neste sábado

A quantidade de ganhadores da Timemania e o rateio pode ser conferidos aqui.

Lotofácil

Concurso 2556 (25/06)

Teve 1 ganhador

Uma pessoa acertou as quinze dezenas e receberá o prêmio de R$ 1.030.921,38.

Os números foram: 01-02-05-10-11-12-15-17-18-20-21-22-23-24-25.

A Lotofácil também paga apostadores que acertam 14, 13, 12 e 11 números.

Com 14 acertos, tiveram 310 apostas ganhadoras, prêmio de R$ 996,13.

Para 13 números, houve 8970 ganhadores, com prêmio de R$ 25,00 cada.

A quantidade de ganhadores da Lotofácil e o rateio podem ser conferidos aqui.

COMO JOGAR NA MEGA-SENA

A Mega-Sena paga milhões para o acertador dos 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas.

Para realizar o sonho de ser o próximo milionário, você deve marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).

A aposta mínima são de 6 números e o valor é de R$ 4,50.

Quanto mais números você marcar, maior a chance de acertar, porém, o valor aumenta conforme a quantidade de números marcados. Só para ter uma referência de valor o jogo com 7 números já passa a custar R$ 31,50.

PRÊMIO

As apostas vencedoras do prêmio da Mega-Sena tem até 90 dias para comparecer até uma agência da Caixa Econômica Federal para requisitar o prêmio.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA