ENTRETENIMENTO

Ô louco meu: Globo confirma saída de Faustão

Comunicado enviado pela empresa conta com posicionamento do apresentador

Publicados

em

Créditos - Midia Max

O que parecia impossível para muitos aconteceu: O apresentador Fausto Silva vai mesmo deixar a Rede Globo. A emissora confirmou a saída do apresentador do maior programa dominical de auditório, na tarde desta segunda-feira (25).

De acordo com informação divulgada pelo colunista Flávio Ricco, ainda pela amanhã, o apresentador não renovaria o contrato no final de 2021. Segundo o jornal O Dia, em comunicado, a Globo agradeceu ao apresentador e disse que Faustão é um dos maiores comunicadores da televisão brasileira.

Ainda na nota, a emissora incluiu o posicionamento do apresentador, que brincou sobre o tempo de trabalho.

“Gostaria de deixar aqui registrada a minha gratidão à Globo, onde aprendi muito e com a qual tive a honra de viver nos últimos 32 anos uma parceria de respeito e sucesso. Repito aqui o que sempre disse no ar: a Globo é uma empresa quase perfeita”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Selvíria registra segunda morte de paciente positivado com COVID-19
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Lives devem continuar ainda em 2021, dizem produtores e artistas

Fenômeno das lives já virou produto para alguns agentes da indústria fonográfica, para outros é necessário algumas adaptações

Publicados

em

Por Lucas Mamédio - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Quem não se lembra da live do Gusttavo Lima em abril, em que ele parou a internet com sua estrutura de DVD, usando drones, câmeras profissionais, cenário montado, tudo isso aliado à informalidade das transmissões ao vivo nas plataformas de vídeo. Vale lembrar que ele fez tudo isso em casa, com a família, alguns poucos amigos e muita cerveja.

Essa live foi um marco, foi o ponta pé inicial para vários outros artistas começarem a fazer o mesmo. Com todos no início da quarentena, foi uma saída de mestre que aliou a necessidade de vários artistas trabalharem com a carência das pessoas por entretenimento musical.

Mas passados 10 meses de pandemia, é nítido a diminuição das lives até o ponto de nem ouvirmos mais falar delas. Por que será? O fenômeno das lives passou ou veio para ficar?

Para alguns agentes das indústria fonográfica de Mato Grosso do Sul a resposta está a ponta da língua: as lives vieram para ficar e já viraram produto.

Leia Também:  De forma remota, mais de 194 mil estudantes da REE retornam ano letivo de 2021

O cantor Santhiago Nilson Filho, presidente da União dos Músicos de Mato Grosso do Sul, produziu junto de sua equipe mais de 80 lives até aqui. Segundo ele, as lives já viraram produto de devem continuar no mercado por muito tempo.


Gustavo Lima durante a live que deu ponta pé para várias outras de grande artistas (Foto: Reprodução)

 

“Apesar de ser uma coisa tão simples, era uma coisa que  mercado não tinha olhado ainda, mas com a necessidade das pessoas envolvidas, foi uma saída óbvia”.

Santhiago atenta para o caráter beneficente das lives. “Nós arrecadamos mais de 6 mil cestas básicas para músicos e profissionais da músicas que estavam parados, então também foi importante nesse início”.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA