ACONTECEU

PANTANAL (MS) Vídeo: jacaré de 3 metros abocanha sucuri no Pantanal; “Coitado do velho do rio”

Empresário que tem hábito de pescar na região se impressionou com uma luta mortal nas águas do Rio Paraguai

Publicados

em

“Nosso Pantanal é mágico, cada volta pela região é uma surpresa”, a declaração é do empresário Guilherme Vasconcelos, de 23 anos, que registrou um momento inusitado durante um passeio no Pantanal de MS, em Corumbá (MS).

Ele filmou a tentativa de um jacaré de 3 metros que lutava para abocanhar uma sucuri. Ele fez uma postagem do vídeo no seu Facebook, e uma das suas seguidores lamentou: “Coitado do velho do Rio“, em alusão ao personagem de Osmar Prado na novela remake Pantanal que está no ar na Rede Globo. Na história, o ‘Velho do Rio’ se transforma em sucuri, a “maior do Pantanal”.

Guilherme contou ao site Primeira Página que filmou a cena da luta pela sobrevivência na semana passada, durante um passeio dele no Rio Paraguai. Ele fez a postagem no dia 22 na sua rede social. Até o momento o post conta com mais de 200 impressões e diversos comentários.

No vídeo, o jacaré tenta comer a sucuri e ela enrola e tenta comprimir o corpo dele. “Foi tudo muito rápido, estava subindo o rio com alguns turistas bolivianos, quando vi o jacaré com a sucuri na boca. Nunca tinha visto um jacaré daquele tamanho, ainda mais com uma cobra enrolada”, relatou.

Leia Também:  Chuva e frio continuam em Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira

O empresário tem hábito de pescar na região, mas ainda não tinha visto uma cena como aquela. “Eu saio para o rio quase todos os dias desde que eu era criança, e até hoje nunca tinha visto algo parecido”, conta.

Ele não soube responder quem venceu a disputa pela sobrevivência, mas ficou impressionado com o flagrante. O empresário se sente privilegiado em trabalhar diariamente com a natureza.

“Talvez nunca mais vivencie um momento com aquele, não sei”, disse. Veja o vídeo:

*Com Primeira Página. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ACONTECEU

Mulheres são campeãs do Festival de Pesca de Águas do Miranda

Publicados

em

Três mulheres entre 48 e 52 anos foram as campeãs do 1º Campeonato de Pesca Esportiva de Águas do Miranda, distrito de Bonito, disputado no sábado (14). A equipe fisgou o maior exemplar de espécie nobre de peixe, um jaú, superando um dia difícil de pescaria devido às mudanças climáticas na região, culminando com uma chuva no período da tarde.

O torneio foi promovido pela prefeitura de Bonito, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Turismo (Fundtur/MS), e contou com a participação de 45 equipes e 120 pescadores, a maioria do Estado. A realização do evento integra o plano municipal de desenvolvimento do turismo no distrito para tornar a pesca esportiva novo produto de Bonito.

“Não foi fácil ganhar esse festival porque a água estava fria e o peixe não come, mas a gente teve paciência e esperou esse jau”, diz Andréia Cristina Souza, 50, integrante da equipe campeã. Ela trabalha como piloteira em um atrativo do distrito e pesca há 20 anos.

Pesca em família

Suas companheiras – Silvia Aparecida Lourenço, 48, e Maria Aparecida Souza, 52 – também conhecem as águas do Rio Miranda como poucos. Elas integram famílias de pioneiros na região, vindos do Paraná. Maria Aparecia (Cida) viveu na barranca do rio, vendeu peixe na beira da MS-345 (antiga Estrada do 21) e tornou-se empresária em hotelaria e gastronomia.

Leia Também:  Chuva e frio continuam em Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira
Casal do distrito ganhou o motor de 15 HP e festeja o prêmio com o prefeito Josmail Rodrigues e organizadores do torneio

“Nosso objetivo era fisgar um dourado, mas a queda da temperatura e depois a chuva limitaram a pescaria. Mas foi divertido e ganhar esse festival foi bom demais”, conta ela, que guarda como troféu na parede de seu restaurante uma foto com um pacu de 16,5 quilos capturado com anzol de galho no Miranda, há uma década.

Para o prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues, o festival foi um sucesso: “estamos iniciando um projeto de fomento ao turismo no distrito, focando na pesca em família, criando mais um bom produto com a facilidade de acesso pela MS-345, cujo asfaltamento é nossa gratidão ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel”, disse.

Isaac ganhou um caiaque no sorteio

Sorteio de prêmios

A premiação da prova adulta foi realizada na noite de sábado, no centro do distrito, com a presença do prefeito e da secretaria municipal de Turismo, Juliane Salvadori. Na sequência, a comunidade e os turistas assistiram ao show do grupo Tradição.

Leia Também:  Quinta-feira terá tempo estável, com possibilidade de chuvas isoladas na região Centro-Norte do Estado

Na oportunidade, foram sorteados os prêmios especiais: o barco de seis metros ficou com a equipe formada por João Batista da Silva Roberto Benites e Arcanjo Junior de Campo Grande. O motor 15 HP ficou para a equipe formada pelo casal Wagner Souza Lima e Elaine lima, de Águas do Miranda. Neste domingo, foi realizada a prova infanto-juvenil – idade entre 5 e 16 anos de idade.

Neste domingo (15), o campeonato infantil, realizado na barranca do Rio Miranda, reuniu um grande número de crianças e jovens de 5 a 16 anos de idade, encerrando o grande evento em Águas do Miranda. O pequeno pescador Isaac Emmanuel Vilanova Colman fisgou um pacu, mas não foi o vencedor do torneio. No entanto, foi sorteado e ganhou o prêmio (um caiaque) patrocinado pela prefeitura de Bonito.

Texto: Subsecretaria de Comunicação (Subcom)
Fotos: Chico Ribeiro

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA