ACONTECEU

CTG Brasil realiza soltura de 800 mil peixes no rio Paraná

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, solturas acontecem durante todo o mês de março e visam garantir a diversidade de peixes de espécies nativas

Publicados

em

A CTG Brasil, uma das líderes em geração de energia limpa no País, promove neste mês a soltura de 800 mil peixes das espécies Dourado, Curimbatá, Pacu-guaçu e Piapara nos reservatórios das Usinas Jupiá e Ilha Solteira, operadas pela empresa, no rio Paraná. A ação reforça o compromisso da CTG Brasil com o meio ambiente e as regiões onde atua, dando andamento aos programas ambientais mesmo durante a pandemia de Covid-19, além de ser uma maneira de comemorar o Dia Mundial da Água, celebrado no dia 22 de março.
São oito solturas, que tiveram início no último dia 10 e vão até o dia 26, em pontos como rio Sucuriú, Vila dos Operadores, Thermas de Santa Clara, Paranaíba, Santa Albertina, rio São José dos Dourados, entre outros. O principal objetivo é promover o repovoamento e garantir a diversidade de peixes de espécies nativas no rio Paraná. Devido à pandemia de Covid-19, estão sendo realizadas somente solturas técnicas, conduzidas por profissionais da área de Meio Ambiente da empresa, sem a participação de alunos ou da comunidade.
“Preservar o meio ambiente está entre as nossas prioridades. Por isso, e também reconhecendo a importância da água como recurso renovável para toda a sociedade e para a geração de energia limpa nas nossas usinas, promovemos diversas ações com foco na proteção da biodiversidade e no desenvolvimento sustentável”, explica Rogerio Marchetto, gerente de Meio Ambiente da CTG Brasil.
As solturas são autorizadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os peixes utilizados nas solturas são produzidos na Estação de Piscicultura, mantida pela CTG Brasil em Salto Grande (SP). No laboratório, além da produção de peixes, são desenvolvidas pesquisas em parceria com universidades. Desde o início do programa, mais de 36 milhões de peixes foram soltos nas bacias dos rios Paranapanema e Paraná.
Sobre a CTG Brasil
A CTG Brasil trabalha para desenvolver o mundo com energia limpa em larga escala. Segunda maior geradora privada de energia do País, conta com a dedicação de seus talentos locais e está comprometida em contribuir com a matriz energética brasileira, pautada pela responsabilidade social e respeito ao meio ambiente. A empresa tem investimentos em 17 usinas hidrelétricas e 11 parques eólicos, com capacidade instalada total de 8,28 GW. Criada em 2013, é parte da China Three Gorges Corporation, uma das líderes globais em geração de energia limpa.
Mais informações:
Igor Galante – (17) 99791-1216
Priscila Carvalho – (17) 99734-6801
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Profissionais da Rede Municipal de Ensino começam a ser vacinados em Selvíria contra a Covid-19
Propaganda

ACONTECEU

Na Assembleia Legislativa prefeito de Selvíria José Fernando, reforça solicitação de pavimentação da MS-444

Publicados

em

Retornando de agendas em Brasília, o prefeito de Selvíria, José Fernando Barbosa dos Santos, também passou nesta primeira semana de maio pela capital sul-mato-grossense, Campo Grande, onde esteve reunido com o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Correa (PSDB).  O encontro também contou com a presença do diretor de Secretaria Roberto dos Santos Figueiredo, prefeito de Nioaque e presidente da Assomasul Valdir Júnior e outros prefeitos do Estado de MS.

Na reunião, foram pautados assuntos como, renovar a solicitação da pavimentação da MS-444 em Selvíria, que passa pela área rural, e é uma importante via do escoamento da produção agrícola, bacia leiteira, transporte escolar e moradores da região.  Sendo uma antiga demanda, o prefeito solicitou ao presidente da ALEMS, que renove a solicitação junto ao governador Reinaldo Azambuja. “Essa é uma demanda de grande importância no âmbito local e regional”, frisou o prefeito José Fernando.

Outro assunto também tratado no encontro foi sobre a intervenção do presidente da ALEMS para que o CRM autorize o registro provisório de médicos formados no exterior. Seria uma medida pra minimizar a evasão de profissionais, especialmente durante a pandemia. Ficou acordado que a Assomasul – Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul convocará os prefeitos para iniciar o debate, e os dados serão trazidos à Comissão de Saúde da ALEMS.

Leia Também:  Prefeito de Selvíria José Fernando, busca em Brasília apoio parlamentar a pautas municipalistas

Se a conclusão for pela incompetência dos deputados estaduais para legislar sobre o assunto, o presidente Paulo Correa se comprometeu a acionar nossa bancada federal para discutir o assunto no congresso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

SELVÍRIA

ACONTECEU

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA